13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Marchas dos Santos Populares – Cascais

 

No dia 9 de Junho pelas 21h30, Cascais teve mais uma edição das suas Marchas, na vertente não competitiva, integrada nas Festas dos Santos Populares.

 

Devido a este ano Cascais ser a Capital Europeia da Juventude o mote foi “Cascais e Juventude”, com letra e música de Maria Manuela Policarpo e os arranjos de Luciano Gonçalves.

 

Nesta edição houve três estreias, a Marcha da CERCICA, Marcha da Associação de Moradores do Bairro Irene e a Marcha do Grupo Desportivo do Zambujeiro.

 

Tanto os Grupos de Tires como de Talaíde fizeram a apresentação de uma Marcha com as suas crianças.

 

Foi uma festa com casa cheia, o Mercado da Vila já se vai tornando um espeço pequeno para a afluência de público oriundo de todo o concelho de Cascais, assim como o que vem de fora para assistir a este espectáculo popular.

 

É de notar que a Marcha da Sociedade Musical de Cascais trouxe como tema da sua actuação os escuteiros, assim como o do CCD de Cascais, além da marcha popular e ainda uma coreografia com o hino de Cascais Capital Europeia da Juventude.

 

Ao todo estiveram presentes 13 associações com 15 marchas, com 191 pares de adultos e 36 pares de crianças:

 

1)      Talaíde (Marcha Infantil e Adultos)

2)      1º de Maio de Tires (Marcha Infantil e Adultos)

3)      CERCICA

4)      Sociedade Musica de Carcavelos

5)      APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Doença Mental)

6)      Sociedade Musical de Cascais

7)      Grupo Cénico dos Bombeiros de Cascais

8)      Sociedade de Janes e Malveira

9)      Grupo Desportivo do Zambujeiro

10)   Sociedade Musical Alvidense

11)   Sociedade da Malveira da Serra

12)   Associação de Moradores do Bairro Irene

13)   CCD de Cascais

 

A letra da Marcha de Cascais:

I

Passa a marcha engalanada

Cantando e rindo, junto da Baía

O Cheiro dos manjericos

Que se confunde, com a maresia

 

II

Vão os jovens pescadores

Carregando os arcos, a desfilar

Dom Pedro fica orgulhoso

De lá do alto os ver passar

 

[Refrão]

 

Cascais antiga, sempre menina

Lá vai na marcha, que é popular

A juventude, duma varina

Com suas ancas, a baloiçar

 

Segue marchando, alegremente

É gente jovem, gente do povo

Sangue na guelra é irreverente

Isto é Cascais, um Cascais novo

 

III

Cascais Vila sem igual

Chama o turista, que fica encantado

Vão dançar no arraial

De Santo António, que é no mercado

 

IV

As Praias de areias quentes

O nosso sol, que é mais doirado

A Baía, os Palacetes

São de Cascais, postal ilustrado

 

[Refrão]

 

Texto e Fotos: Pedro MF Mestre

 

 

 

 

clique na imagem para visualizar a fotorreportagem

 


 

quinta-feira, 20 de setembro de 2018 – 23:52:16

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...