14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Alceu Valença em “Valencianas II” com a Orquestra Ouro Preto no Casino do Estoril - 2020

 

O Casino do Estoril recebeu pela primeira vez, o cantor brasileiro Alceu Valença, no Salão Preto e Prata assim como a Orquestra Ouro Preto conduzida pelo Maestro Rodrigo Toffolo e a direcção de cena a cargo de Paulo Rogério Lage a 21 de Janeiro.

 

Este mítico artista oriundo de Pernambuco conta com quase 50 anos de carreira, a cantar e a tocar o seu violão. Os estilos que ele interpreta passam pelo Forró, Rock, MPB, Baião, Frevo, Maracatu entre outros. A sua formação musical passou por vários estados Brasileiros, assim como no estrangeiro, onde também actua com grande sucesso.

 

A digressão “Valencianas II” é sequência do sucesso que teve a anterior “Valencianas” que data de 2010, por ocasião da comemoração dos 40 anos de carreira de Alceu Valença, e aqui juntou pela primeira vez este trio de sucesso com os já apresentados Maestro e Director de Cena.

 

Neste espectáculo mostrou temas antigos assim como composições mais recentes. Fez questão de introduzir o motivo que os fez compor antes de passar à exibição sempre com uma postura divertida para o seu público. As canções passaram por “Dia Branco”, “Na Primeira Manhã”, “Tesoura do Desejo”, “Solidão”, “Samba do Tempo”, “Pelas Ruas que Andei”, “De Janeiro a Janeiro”, “Iris”, “Papagaio”, “Eu Vou Fazer Você Voar”, “Como Dois Aninais”, “Borboleta + P da Paixão”, “Tomara”, “Taxi Lunar” e “Anunciação”.

 

A Orquestra acompanhou sempre o cantor, e contou com dois momentos a solo. Foram encarregues de fazer a introdução e sensivelmente a meio do espectáculo apresentaram mais três temas orquestrais.

 

Em termos instrumentais, para além do violão de Alceu Valença, a orquestra é composta por violinos, violoncelos, contrabaixo, percussão, duas guitarras eléctricas, baixo e bateria.

 

O público foi sempre receptivo à interactividade de Alceu Valença e do Maestro, num bom ambiente com a sala completamente cheia. A parte final obviamente foi assistida já de pé com uma grande ovação do público, quando os artistas terminaram a actuação.

 

A bilheteira esgotou para este espectáculo com uma duração de cerca de 1h40.

 

Texto e Fotos: Pedro MF Mestre

 

clique na imagem para visualizar a fotorreportagem

 

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 15 de julho de 2020 – 05:08:55

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...