18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

III Bragança ClassicFest: Festival Internacional de Música combina música e património histórico e arquitetónico

 
Festival Internacional de Música coloca Bragança no epicentro da música erudita
Bragança consagra-se, uma vez mais, como um importante epicentro da música erudita, com a 3.ª edição do Bragança ClassicFest – Festival Internacional de Música, que combina, com maestria e excelência, música e património histórico e arquitetónico num só evento.
 
Bragança Classic Fest
De 29 de setembro a 7 de outubro (datas que incluem com o Dia Mundial da Música, a 1 de outubro), além da grande sala do Teatro Municipal de Bragança, o evento leva a música erudita a locais tão improváveis e, simultaneamente, intimistas, como a Igreja de São Francisco, a Igreja da Sé e a Igreja de Santa Maria.
 
Com a presença de músicos nacionais e internacionais de renome, o Bragança Classic Fest inicia com a Orquestra Sinfónica do Principado das Astúrias, que tem a sua estreia em Bragança durante o evento e que levará, ao Teatro Municipal de Bragança, duas obras-primas da música erudita sinfónica: “5.ª Sinfonia” de Beethoven e a “9.ª Sinfonia” de Dvořák.
 
Também Bach, Mozart e Tchaikovsky vão estar em destaque, com dois excecionais solistas: a violinista Esther Hoppe e o violoncelista Christian Poltéra, com marcantes performances em extraordinários instrumentos  Stradivarius.
 
Os amantes da música erudita vão ter oportunidade, ainda, para ouvir o clarinetista francês Pascal Moraguès (1º Solista da Orquestra de Paris), a flautista portuguesa Adriana Ferreira (1ª Solista da Orquestra Nacional de Santa Cecília de Roma) ou assistir à estreia da soprano russa Julia Muzychenko.
 
O Festival Internacional de Música terminará, majestosamente, com o Concerto de Encerramento “A Grande Fantasia”, que culmina com o conhecido “Carnaval dos Animais, Grande Fantasia Zoológica”, composto pelo francês Camille Saint-Saëns, em 1886.  Um momento que se assumirá como verdadeiramente especial, uma vez que contará com escritos humorísticos por António Mega Ferreira (homenageado, em Bragança, com uma exposição ainda patente no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais), narrados por Jorge Vaz de Carvalho.
 
Mas não é só pelos espetáculos ao vivo que o Bragança Classic Fest 2023 será recordado. Também Encontros, Masterclasses e Ensaios Abertos, onde conceituados músicos vão poder partilhar momentos únicos com artistas e estudantes da região, serão um excelente forma de ligação e envolvimento da Comunidade.
 
Destaques:
- Os espetáculos das edições de 2021 e 2022 do Bragança Classic Fest esgotaram na totalidade;
- A Orquestra Sinfónica do Principado das Astúrias tem como Presidente Honorário o Rei de Espanha;
- O Bragança Classic Fest conta com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República;
- Os solistas dos concertos com a Orquestra Sinfónica do Principado das Astúrias vão tocar instrumentos construídos por Antonio Stradivari (Stradivarius), nascido em 1644 e considerado o melhor fabricante/luthier de todos os tempos;
- O concerto de encerramento contará com a declamação de textos humorísticos escritos por António Mega Ferreira para a obra “Carnaval dos Animais, Grande Fantasia Zoológica”, composta Camille Saint-Saëns, em 1886.  
 

Periodicidade Diária

domingo, 21 de julho de 2024 – 03:36:39

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...