18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

10ª Edição do "Lisbon Hall of Fame" com o Mestre Vitor Lagarto

A 10ª Edição do “Lisbon Hall Of Fame” das Artes Marciais decorre a 17 de Junho no Hotel Riviera em Carcavelos, Cascais.

 

O mentor da edição portuguesa deste evento é o Mestre Vitor Lagarto, Fundador da Associação Ki Ryu Kenpo, sendo a “Lisbon Hall Of Fame” a quarta mais antiga do mundo. Estas Galas foram iniciadas, a nível mundial, nos EUA em 1976, por Robert Trias, Mike Day e Jim Thomas.

 

Em 2010 é feita a primeira edição nacional em que se pretende distinguir, reconhecer e premiar atletas, instrutores e mestres pelo seu trabalho, resultados e dedicação nas mais diversas Artes Marciais e Desportos de Combate no nosso país.

Este evento tem progredido mundialmente de tal forma que a audiência do Hall of Fame cada vez mais o considera como o maior evento do ano dedicado às Artes Marciais.

O Mestre Vitor Lagarto inicia-se às Artes Marciais no ano de 1991 e em paralelo também tem tido uma formação contínua e várias certificações na área da Defesa Pessoal, Segurança Privada e Instrução para Forças de Segurança e Militares, sendo Fundador da FPDPP (Federação Portuguesa de Defesa Pessoal e Defesa Policial). Na área da Defesa Pessoal Civil e Defesa Policial e Militar tem presença frequente em Seminários e Formações Ministradas tanto em Portugal, como em vários países europeus, África, Asia, América, Caraíbas e Norte da Sibéria.

Voltando às Artes Marciais Vitor Lagarto é Fundador e Diretor Técnico Internacional do Ki Ryu Kenpo com a graduação de 6º Dan, 2º Dan Kosho  Ryu Kenpo – Mitose, 3º Dan Kenpo Chinês, 4ª Dan de KickBoxing, membro da Federação MMA Alemanha entre outras presenças no Mundo das Artes Marciais.

Já foi nomeado para diversas categorias em eventos “Hall Of Fame” como Londres,  Lisboa e Porto Rico assim como no Hall of Honor.

 

AMMA: Como sentiu a necessidade de trazer o “Hall of Fame” para Portugal em 2010? O que o motivou?

Vitor Lagarto: O que me motivou, foi trazer mais intercambio de diversos estilos de artes marciais, e onde todos  que participam ficamos a conhecer vários Mestres de diversos países bem como diferentes culturas. E muito importante, ao longo destes anos temos conseguido trazer muito Turismo para a Cidade.

 

AMMA: Na primeira edição, em quantos nomeados tinha, comparativamente com esta 10ª edição em 2023?

VL: Bom, no primeiro quase ninguém sabia que tipo de evento se tratava, era tudo novidade, mas conseguimos fazer, entre Mestres e Alunos cerca de 60 nomeações.

AMMA: Com a sua vasta experiência na área das Artes Marciais e Formação de Defesa Pessoal, considera que os nomeados para cada categoria estão muito equilibrados e torna-se uma luta renhida para o prémio na sua categoria?

VL: Sim, sem duvida. É sempre muito difícil atribuir uma categoria, porque cada um tem a sua forma de trabalhar, há sempre alguém que trabalha melhor que nós.

 

AMMA: Que critérios base são utilizados para decidir os vencedores de cada categoria, e habitualmente como é composto o júri?

VL: Os critérios, cabe me a mim, como CEO e Fundador do “Lisbon Hall Of Fame” ver qual é a idade, há quantos anos pratica, que graduação tem o Mestre ou o percurso do Aluno, quantos alunos, quantas escolas, quantos eventos deste tipo em que participam, da forma como trabalham, e alguns também são mentores nos países deles e como sabem nas redes sociais conseguimos ver quase tudo.

 

AMMA: Vai ter no evento dois atores internacionais. Pode introduzir um pouco deles?
VL: São duas personalidades muito relevantes no âmbito cinematográfico das artes marciais. O Silvio Simac, nascido na Croácia, formado em diversas áreas nomeadamente em Taekwondo, iniciou a sua carreira como ator em 1996 até ao momento, tendo participado em diversos filmes. No que diz respeito ao Ator Mark Stas é natural da Bélgica, conhecido no mundo do cinema pelas suas habilidades, que podem ser vistas através da prestação que tem, nos seus filmes de artes marciais. Ambos foram convidados, pelas suas capacidades e reconhecimento no cinema e nas artes marciais.

 

AMMA: Para si o que é mais desafiante, as Artes Marciais ou a formação de Defesa Pessoal a Civis, Forças de Segurança e Militares? Acabam por ser como “dois filhos”?

VL: A nossa vida é sempre um desavio, e qualquer um deles é mesmo como fosse os dois filhos, por isso aplico sempre estas palavras “ TODOS OS DIAS ESTOU A APRENDER “ e aprendo também sempre com eles.

AMMA: Como Mestre em Kenpo Japonês e Chinês, quais as grandes diferenças que a arte tem nas duas tradições? Estão muito relacionadas entre si?

VL: O Kenpo/Kempo é Japonês e no Hawai o Kenpo tem milhares de anos. Atualmente tem  centenas e centenas de escolas e estilos de Kenpo/ Kempo espalhadas pelo mundo, mas vem tudo da mesma linhagem, foi James Mitose 22º descendente da família Mitose que decidiu difundir os seus conhecimentos.

 

AMMA: Tem no seu currículo três nomeações no Hall of Fame de Inglaterra, algumas em Lisboa e uma em Porto Rico. Como decorreram? Em que categorias foi premiado?

VL: Bom, na verdade e Modéstia a parte, provavelmente devo ser o Português mais nomeado com distinções, dedicação, menções, Agradecimentos, pioneiro, Embaixador, etc, não consigo me lembrar de todas, não foram só nesses que estão no meu currículo. Quanto a  países: Portugal, Espanha, Bélgica, Itália, Suíça, Polónia, Croácia, Bósnia, Sérvia, Cabo Verde, Rússia, Nepal, Turquia, Alemanha, Montenegro, Áustria, Roménia, Holanda, Irlanda do Norte, Reino Unido e Porto Rico.  No geral acho que correram sempre muito bem.

 

AMMA: Das edições tanto nacionais como internacionais em que foi premiado, qual foi a mais emocionante e inesperada?

VL: A primeira em Londres, é sempre a primeira que fica na memória, mas no geral acho que todas são emocionantes. Inesperadas sim foram algumas, uma  delas na Suíça.

 

AMMA: Qual a sua antevisão da 10ª Edição do “Lisbon Hall Of Fame” que se vai realizar em Carcavelos no próximo dia 17 de Junho? O que espera dela ?

VL:A antevisão é a presença de diversas personalidades das artes marciais, ao mesmo tempo que se partilha e fomenta práticas e conhecimentos nas artes marciais. A previsão, que seja uma vez mais um evento bem sucedido.

 

AMMA: Como estamos no contexto das Artes Marciais, Desportos de Combate e Defesa Pessoal seja Civil ou Militar, o que deixa de mensagem para que haja maior proliferação destas artes, para que haja mais praticantes, mais Mestres a serem formados e que também haja incremento no o número de nomeados para estes prémios “Hall of Fame” pela excelência do seu trabalho?

VL: A mensagem que tento transmitir, é que para além de um desporto, as artes marciais servem como troca de conhecimentos e valores que podem ser aplicados no nosso dia-a-dia.

 

Texto: Pedro MF Mestre
Fotos e Cartaz: Cedidos pelo Mestre Vitor Lagarto

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 23 de julho de 2024 – 08:34:43

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...