14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Filipa Cavalleri recebe 6ºDan

 

A Associação Distrital de Judo de Setúbal organizou no passado sábado, dia 4 de junho, no Pavilhão Municipal do Pinhal Novo um Encontro Aberto de Judo no Feminino que contou com cerca de uma centena e meia de judocas de várias faixas etárias.

 

A coordenação deste evento esteve a cargo da judoca internacional Filipa Cavalleri, um nome marcante desta modalidade com muitos títulos nacionais e internacionais, razão pela qual a Federação Portuguesa de Judo a graduou com o 6º Dan.

 

O Judo é sem dúvida um desporto de partilha, convívio, respeito, amizade, e cumplicidade. No tapete estiveram diferentes gerações, que na realidade contaram a história do judo feminino português ao longo dos tempos.

 

O Judo Feminino conta com atletas competidoras ao mais alto nível mas tem também muitas judocas que têm um contributo muito importante para o desenvolvimento da modalidade nas diversas áreas e que cujas referências servem para motivar ainda mais as novas gerações.

 

Ao longo dos tempos tiveram um papel preponderante no desenvolvimento do judo feminino a nível federativo atletas como Ana Paula Dourado, Amália Rocha, Ana Hormigo, Filipa Cavalleri entre outras.

 

Na arbitragem, há um conjunto de judocas que após as suas carreiras ingressaram por essa via - Michelle Wellenkamp (Internacional), Paula Saldanha (Internacional), Elsa Barroja (nacional), Joana Costa (nacional) e Liliana Rainho (nacional), Sandra Godinho (nacional), Carolina Costa (nacional), Ana Matrena (nacional) e Mafalda Santos (nacional). 

 

Ligadas ao associativismo estiveram presente Manuela Trindade – ADJ Setúbal, Ágata Aranha - ANTJ, Virgínia Pinto - FPJ, Maria João Fonseca – ADJ Lisboa, Sara Marinho – ADJ Setúbal (Tesoureira e Delegada na Assembleia da FPJ) e a Diretora Desportiva da União Europeia de Judo – Dra. Catarina Rodrigues.

 

E ainda as Judocas que lutaram pela participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 – Ana Cachola e Telma Monteiro.

 

O Evento contou também com uma homenagem à Atleta Filipa Cavalleri (considerada uma das melhores judocas portuguesas) que recebeu a graduação em 6º Dan pelo seu grande percurso na modalidade a nível nacional e internacional, entregue pelo Presidente da Federação Portuguesa de Judo - Eng.º José Manuel A. Costa e Oliveira e o Presidente da Associação Distrital de Setúbal – Dr.Hugo Pinto Gonçalves.

 

Estas altas graduações são atribuídas pelos Organismos Internacionais que tutelam o Judo, nomeadamente pela Federação Internacional de Judo e União Europeia de Judo, sob proposta e fundamentação da Federação Portuguesa de Judo. 

 

Portugal tem sido representado no feminino em todas as edições dos Jogos Olímpicos desde 1988:

·        Teresa Gaspar (JO 1988)

·        Filipa Cavalleri (JO 1992, 1996, 2000 e porta-estandarte em 1992)

·        Paula Saldanha (JO 1992)

·        Sandra Godinho (JO 1992, 2000)

·        Telma Monteiro (JO 2004, 2008, 2012 e 2016 e porta-estandarte em 2012)

·        Joana Ramos (JO 2012 e 2016)

·        Ana Hormigo (JO 2008)

·        Yahima Ramirez (JO 2012)

·        Beatriz Martin (JO 2000)

 

DECLARAÇÕES:

 

Presidente da Federação Portuguesa de Judo – Eng.º José Manuel A. Costa e Oliveira

A Graduação de 6º Dan para a Filipa Cavalleri foi uma distinção merecida e foi decidida neste sentido. A Filipa é uma personalidade que tem um palmarés incrível, com as suas presenças nos Jogos Olímpicos, duas medalhas a nível mundial, é de facto uma atleta ímpar que atualmente possui uma forte ligação à modalidade, continuando a ser uma Mestre de Judo. Portanto, é das figuras distintas deste grande desporto e naturalmente que as graduações por mérito servem para que a modalidade e a Federação em particular possam agradecer a determinadas personalidades todo o trabalhado desenvolvido pelas mesmas. A Filipa é a primeira judoca portuguesa a alcançar uma graduação deste nível e portanto estou particularmente satisfeito por ter conseguido interpretar esta distinção que ela tanto merece”.

 

Diretora Desportiva da União Europeia de Judo – Dr.ª Catarina Rodrigues

 “Este tipo de evento é sempre um momento de celebração do Judo Feminino, que é uma vertente muito importante da modalidade em Portugal. Acho que é essencial a passagem de informação para as atletas mais jovens sobre a história do judo. Para nós, mais velhas, acaba por ser um momento de convívio e recordação, até porque algumas não estãoatualmente ligadas ao judo e se conseguirem vestir o fato uma vez por ano é ótimo. Naturalmente, gostaria de dar os parabéns à Associação Distrital de Judo de Setúbal que pegou numa incitativa que tem vindo a acontecer e tornou-a mais formal e institucional. Foi bastante importante estarem presentes as várias vertentes ligadas à modalidade”.

 

Presidente da Associação Distrital de Setúbal – Dr. Hugo Pinto Gonçalves

Acho que é extremamente interessante o facto que estarem juntas várias gerações, as atletas olímpicas do passado, as do presente e dezenas de potenciais judocas olímpicas. O judo tem uma característica muito especial que é a possibilidade de se desligar da competição mas poder continuar ligado a modalidade de inúmeras formas, como arbitro, dirigente ou treinador, sendo um dos poucos desportos onde isso acontece. A dinâmica e o companheirismo que se vão ganhando ao longo dos anos não se perdem e vê-se pelas caras das judocas presentes a alegria de se encontrarem, muitas ao fim de dezenas de anos. A Associação Distrital de Judo de Setúbal tem orgulho na presença destas 150 judocas no tapete. Existe uma grande diferença entre o número de judocas femininos e masculinos e temos de combater isso. A Associação tem realizado várias iniciativas dedicadas ao Judo Feminino com bons resultados de forma a incentivar a prática desta modalidade.

 

Director Técnico Distrital – Dr. Nelson Trindade 

Este evento é muito importante pois marca uma parte fundamental no judo que é o convívio e a entreajuda. Muitas vezes a competição, por razões óbvias, desvia-nos uns dos outros e acabamos, muitas vezes, por nos esquecer desta parte essencial do desporto, concretamente do judo, que assenta muito nestes princípios e valores. O facto de poderem estar no tapete várias gerações de judocas funciona com uma transmissão de experiências e conhecimento. Além de fazer com que estas atletas mais jovens se motivem, observando os feitos alcançados pelas mais velhas.” 

 

Judoca Olímpica - Telma Monteiro

Foi uma manhã muito bem passada e feliz. Acho que é importante dar valor ao que já foi feito e passar uma mensagem positiva às judocas mais jovens que são o nosso futuro desta modalidade. Não estava a espera que estivessem aqui tantas crianças e jovens atletas. Nestes encontros acabo sempre por receber mais do que dou, pois eles transmitem-me sempre muita energia positiva”.

 

Judoca Internacional - Filipa Cavalleri

“Este dia foi cheio de emoções, primeiro porque demorámos muito tempo a prepará-lo, para que tudo corresse desta forma, com grande envolvência, amizade e respeito. A parte final foi uma grande surpresa, fiquei muito orgulhosa e muito feliz. Ao longo da vida vamos caminhando e tendo várias responsabilidades e esta homenagem foi um momento único para mim”.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 14 de julho de 2020 – 18:32:39

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...