17 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Diário de Oregon'22 - Portugal no "Campus" Universitário

 
O Barnhart Hall, residência Universitária, é o centro nevrálgico da seleção de Portugal que se prepara para começar a competir nos Campeonatos Mundiais de Atletismo, já a partir de sexta-feira.
 
Barnhart All fica a cerca de dois quilómetros de Hayward Field, onde “todos os sonhos podem ser possíveis”, o mítico estádio da Universidade de Oregon, que recebe anualmente o Meeting Prefontaine Classic, da Liga Diamante. Não sendo um Estádio de grandes dimensões, ainda assim é altamente funcional para a competição e prepara-se para receber cerca de 1900 atletas, dos quais 23 portugueses, que agora se juntaram (na quase totalidade), terminados os estágios pré-competitivos.
 
Primeiro os grupos vindos de Portugal, durante o dia de ontem (e as viagens não foram fáceis, com inúmeros atrasos), depois os que estiveram em Chula Vista (cuja viagem não correu melhor, com a aeronave em que viajavam a ter problemas técnicos ainda em terra), com todos a conseguirem levantar a sua acreditação durante o dia de hoje (12 de julho), alguns deles a terem de cumprir já testes anti-doping (João Vieira, Patrícia Mamona, Leandro Ramos, Liliana Cá e Auriol Dongmo), logo no Centro de Acreditação.
 
Na “base” da equipa de Portugal, o Diretor Técnico Nacional, professor José Santos, mostrava-se “contente com o desenrolar dos estágios que foram cumpridos”, realçando a “vontade e determinação de todos quantos neles participaram para poderem cumprir com os objetivos próprios no decorrer da competição”, que encerrará no dia 24 de julho.
 
“O espírito de equipa foi elevado e todos estão nesta ‘terra dos sonhos’, a cidade do atletismo, com vontade de alcançarem bons resultados e a aproveitarem ao máximo a oportunidade de correr no Estádio com tanta tradição”, referiu na visita feita já a alguns dos pontos de treino e competição.
 
Na mesma residência onde está Portugal, está a formação da Jamaica, com Shelly Ann Fraser Price, Elaine Thompson Hera e Joahn Blake, da Grécia, de Miltiadis Tentoglu, da Eslovénia, de Kristjan Ceh, da Lituânia, de Mykolas Alekna e Andrius Gudzius; de Marrocos, de Soufiane EL Bacalli, com divisão de andares.
 
Com o dia de hoje totalmente dedicado à chegada dos elementos e ao processo de acreditação, no dia de amanhã os atletas portugueses (são 23 os que conseguiram chegar a esta competição) poderão experimentar os locais de treino, na pista indicada para isso (que recebeu um piso sintético novo), no setor de lançamentos (apenas disco e martelo) na zona de aquecimento e nos acessos ao Estádio.
 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 3 de outubro de 2022 – 18:17:24

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...