12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Team Peugeot Total mesmo à beira do pódio no impiedoso Circuito WRX de Hell

 

Foi um fim-de-semana de altos e baixos para o Team PEUGEOT Total na quinta prova do Campeonato FIA de WRX, disputado na pista norueguesa de Hell. Dois dos PEUGEOT 208 WRX chegaram à final, com Kevin Hansen a ser o piloto PEUGEOT melhor classificado, naquele que foi o seu resultado mais importante da temporada: 4º lugar à Geral. O mais jovem piloto da formação terminou à frente do seu irmão e colega de equipa, Timmy Hansen, que ficou em 5º lugar, enquanto Sébastien Loeb foi eliminado na Semi-Final, interrompendo, assim, a sua notável sucessão de lugares no pódio.

 

·         Ganhando cada vez mais consistênciacomo piloto, Kevin Hansen terminou no limiar do pódio (4º), numa final emocionante. Depois de, na 6ª feira, ter feito alguns ajustes no set-up do seu carro, juntamente com os engenheiros da PEUGEOT, Kevin não se atrapalhou uma única vez nas sessões de Qualificação, progredindo até à Final sem quaisquer problemas de maior, ao volante do seu PEUGEOT 208 WRX. Na Semi-Final, o mais novo dos Hansen estava na fila da frente ao lado seu irmão. A dupla aproveitou da melhor forma a estratégia da equipa para tirar proveito de todas as oportunidades. O resultado obtido por Kevin Hansen, catapultou-o na classificação do campeonato, reforçando o seu estatuto

de futuro campeão.

 

·         Timmy Hansenterminou em 5º lugar na Noruega: um resultado que não espelha a sua rapidez e eficácia ao longo do fim-de-semana. Posicionando-se no top 2 nas classificações intermédias, a que se seguiu a vitória na eliminatória para a sua Semi-Final, Timmy avançou, mais uma vez, até à final e conseguiu preciosos pontos, apesar de ter sofrido uma forte embate na traseira do seu carro, logo após a partida. Mais uma vez, a sua performance constitui um claro indicador do potencial do conjunto: a demonstração de uma combinação vencedora entre velocidade e sólidas habilidades de condução.

 

·         A incrível sucessão de lugares no pódio de Stéphane Loeb chegou ao fim com a sua eliminação na Semi-Final (4º lugar na Semi-Final 1), o que o levou, na Final, a ficar “a torcer” pelos seus colegas do lado de fora da pista. Em consequência de um infeliz erro da equipa, Loeb não fez a Joker Lap na Qualificação 3, o que é punível com uma penalização de 30 segundos. Contudo, o francês exibiu sempre a sua extrema rapidez ao longo de todo o fim-de-semana e mantém-se no 2º lugar no Campeonato de Pilotos, pelo que continua tudo em aberto.

 

·         O Team PEUGEOT Total ocupa agora o 2º lugar no Campeonato, tendo demonstrado um bom trabalho de equipaperante as adversidades do fim-de-semana. Embora não tenha sido o fim-de-semana mais fácil para a formação, a equipa francesa está empenhada em ganhar o máximo de experiência possível. As mais recentes evoluções nos carros poderão ser introduzidas já na próxima ronda, a disputar na Suécia.

 

Bruno Famin, Diretor da PEUGEOT SPORT

“Foi um fim-de-semana difícil. Fomos sempre rápidos, mas não exatamente em termos da performance pura. Estivemos sempre a lutar contra os carros mais rápidos e as equipas mais experientes. Ao final do dia de domingo, pela primeira vez este ano, não estávamos no pódio… mas não ficámos longe! Terminámos em 4º e 5º, com uma excelente performance por parte do Kevin. Cometemos um erro estratégico com o Sébastien numa sessão de Qualificação, o que teve um elevado custo para nós. Como estamos no Ralicross, esse custo reflete-se não uma mas três vezes. Devido à penalização do Sébastien, perdemos muitos pontos na Qualificação, e depois falhámos a Semi-Final, pois o seu lugar na partida não era bom, o que teve como resultado a sua ausência na Final. O Sébastien perdeu imenso tempo e acabou em 5º. E foi isso. O carro não teve quaisquer problemas, mas contamos fazer muito melhor na próxima corrida na Suécia, já no final deste mês.”

 

 

 Kevin Hansen, Piloto do Team PEUGEOT Total (PEUGEOT 208 WRX #71)

“Foi um dia incrível e penso que o meu andamento foi sempre muito bom durante todo o fim-de-semana. Sinto-me muito bem com o carro, a equipa e comigo próprio. Ter outro fim-de-semana com um bom andamento foi incrível. Estar na final

e disputar o pódio é um enorme passo em frente. O 4ºlugar na final aqui em Hell é também o segundo 4º lugar da minha carreira, e estou muito feliz por isso. Tenho procurado concentrar-me o mais possível, e agora estou muito mais à vontade com toda a equipa, e também estou a gostar imenso da minha condução. Acredito muito em mim. A seguir à Bélgica, quando as coisas não me correram muito bem, trabalhei a fundo e fiquei bem mais motivado. Agora estou ansioso por correr ‘em casa’.”

 

 

Timmy Hansen, Piloto do Team PEUGEOT Total (PEUGEOT 208 WRX #21)

“Na final, fiz uma partida que teria sido quase perfeita não fosse uma ligeira atrapalhação que me obrigou a recorrer outra vez à embraiagem, tendo, com isso, perdido alguma velocidade. Houve também algum contacto entre os carros: quando curvava atrás do Johann, bateram-me por trás e o motor foi abaixo. Pouco depois, consegui voltar a pôrr o carro a trabalhar, mas nessa altura já estava ‘fora’ da corrida. O fim-de-semana teve bons e maus momentos: foi bom porque nos qualificámos e vencemos a Semi-Final, e foi mau porque não chegámos ao topo do pódio. Temos mesmo de continuar a ‘juntar todas as peças’ em todas as fases das corridas. Vamos voltar a concentrar-nos e lutar por resultados ainda melhores ao cair da bandeira de xadrez na Suécia.”

 

Sébastien Loeb, Piloto do Team PEUGEOT Total (PEUGEOT 208 WRX #9)

 “Foi um fim-de-semana difícil. Conquistámos 13 pontos, o que não é fantástico. Fomos muito prejudicados em tempo e pontos por não termos feito a ‘joker lap’, e isso teve um custo elevado para nós. O meu ‘spotter’, pura e simplesmente, esqueceu-se de me dizer para fazer a ‘joker lap’; mas, quando se é um ‘spotter’, este é o tipo de coisa que pode acontecer uma vez na vida… se tanto! É algo que não deve voltar a acontecer. Não é assim um grande problema, da próxima

vez vai correr melhor. Toda a equipa está a fazer um grande trabalho. À parte disso, correu tudo muito bem com o carro. Registámos um bom andamento e, embora fosse difícil chegar à liderança, andámos sempre no grupo da frente." 

 

CAMPEONATO DE PILOTOS (após 5ª prova de 12)

1. Johan KRISTOFFERSSON / Volkswagen Polo R - 135 pontos

2. Sébastien LOEB / PEUGEOT 208 WRX -104

3. Petter SOLBERG / Volkswagen Polo R - 102

4. Andreas BAKKERUD / Audi S1 - 101

5. Mattias EKSTRÖM / Audi S1 - 97

6. Timmy HANSEN / PEUGEOT 208 WRX -94

7. Nicolas GRÖNHOLM / Hyundai i20 – 66

8. Kevin HANSEN / PEUGEOT 208WRX – 61

 

CAMPEONATO DE EQUIPAS (após 5ª prova de 12)

1. PSRX Volkswagen Sweden - 237 pontos

2. Team PEUGEOT Total - 198

3. EKS Audi Sport - 198

4. GRX Taneco - 100

5. Olsbergs MSE - 76

6. GC Kompetition - 54

 

 


 

terça-feira, 19 de junho de 2018 – 14:06:52

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...