14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

46º Ralicross de Sever do Vouga - Sábado

 

A pista do Alto do Roçário marca o arranque da temporada 2020 do Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy. Na jornada promovida pelo Vouga Sport Clube responderam à chamada cinco dezenas de pilotos. 

 

 

 

  

Iniciação

 

Gonçalo Novo (Toyota Starlet) e André Monteiro (Toyota Corolla) repartiram entre si as vitórias nas duas corridas inaugurais, destinadas a concorrentes entre os 13 e 17 anos. Deram espetáculo e deixaram tudo em aberto para o segundo dia de prova. Rafael Rêgo, não teve a sorte so seu lado na estreia do Peugeot 106, Concluiu a primeira corrida com claras dificuldades mecânicas e acabou por não alinhar na segunda corrida.

 

Gonçalo Novo (Toyota Starlet) e André Monteiro (Toyota Corolla) repartiram as vitórias

 

Nacional 2 RM

 

Com um primeiro e um terceiro lugar, nas duas corridas inaugurais, Hugo Santos aos comandos de um Honda Civic Type-R, fechou o dia no comando das operações. João Oliveira (Peugeot 206 GTI), conquistou “a prata” nas duas primeiras corridas e foi nessa posição que concluiu a jornada inaugural entre as duas rodas motrizes. Luís Carvalho em Peugeot 206 terminou o primeiro dia no terceiro posto. O campeão em título, João Novo, que este ano vai acumular funções na S1600, venceu a primeira corrida, mas fez falsa partida na segunda e como não cumpriu a penalização que obrigava a uma segunda passagem pela Joker Lap, viu-lhe ser atribuída uma penalização de 30 segundos terminando o dia na quarta posição. Andreia Sousa (Peugeot 306) a única senhora em pista, nesta categoria, fechou o top five.

 

Hugo Santos (Honda Civic Type-R)

 

Nacional A 1.6

 

Tiago Ferreira (Peugeot 106) fez o pleno e partirá para a jornada de domingo no comando das operaçõe. José Artur Teixeira apesar de na primeira corrida ter-se envolvido num toque com Américo Sousa (Citroën Saxo) “na discussão” pelo melhor lugar na trajetória, junto à saída da Joker Lap, o que ditou o bandono de ambos, acabou por regressar na segunda corrida e garantir essa mesma posição na contabilidade do final do dia. Pedro Tiago (Citroën Saxo Cup), fez um pião no final da primeira corrida, perdeu a liderança e acabou por terminar o dia no terceiro posto

 

Tiago Ferreira (Peugeot 106)

 

Super 1600

 

Joaquim Machado aos comandos de um Peugeot 208, concluiu o primeiro dia na frente da mais competitiva categoria do Ralicross. Por seu lado, Rogério Sousa com dois pódios nas primeiras corridas de qualificação, garantiu o segundo posto de sábado. O terceiro lugar, nas contas finais, foi garantido por António Sousa (Peugeot 208), que apesar de não começado o dia como pretenderia, na segunda corrida já conseguiu garantir um lugar no pódio. Sérgio Dias (Renault Twingo) e Bruno Gonçalves (Citroën Saxo Kit Car), completaram, por esta ordem, o grupo dos cinco melhores deste primeiro dia de corridas.

 

Joaquim Machado (Peugeot 208)

 

Super Cars

Tal como aconteceu nos treinos, Frederico Santos em Mitsubishi Lancer Evo VI, venceu as duas corridas e fechou o dia confortavelmente à frente entre os SuperCars.

 

Frederico Santos (Mitsubishi Lancer Evo VI)

 

Kartcross

 

Jorge Gonzaga em LBS RX01 fechou o primeiro dia no comando das operações. Contudo, Pedro Rosário em Semog Bravo nunca lhe deu muito espaço de manobra, confirmando que a sequência de camponatos conquistados não forma obra do acaso. Luís Almeida (LBS RX01) encerrou o pódio deste sábado de corridas.

 

Jorge Gonzaga (LBS RX01)

 

Treinos Cronometrados

 

Iniciação

 

Entre os mais novos, mas não menos ousados, Gonçalo Novo, em Toyota Starlet, conseguiu impor-se a André Monteiro (Toyota Corolla), mas a diferença entre os dois primeiros ficou-se, por escassos, 00:00.04s, o que deixa antever um fim de semana animado... Rafael Rêgo em Peugeot 106 XSi, foi terceiro, a apenas a um segundo dos dois pilotos da frente.

 

Nacional 2 RM

 

O melhor tempo dos treinos (00:41.2s) foi assinado por Fernando Silva, ao volante de um Seat Ibiza TDI. Contudo, as três posições seguintes, pertencentes a Hugo Santos (Honda Civic Type-R), Luís Carvalho (Peugeot 206) e João Oliveira (Peugeot 206 GTI), respetivamente, todos conseguiram parar o cronómetro dentro do 00:41s, o deixa antever mais uma jornada muito animada.

 

SuperCars

 

Frederico Santos em Mitsubishi Lancer Evo VI garantiu a melhor tempo dos treinos, com um total de 00:41.2s. Daniel Pacheco em Subaru Impreza foi segundo a 00:02s do Lancer de Santos.

 

Nacional A 1.6

 

Pedro Tiago aos comandos do Citroën Saxo Cup com que foi campeão em 2019 garantiu o melhor tempo nos treinos cronometrados (00:39.9s). Porém, Rafael Rocha e Américo Sousa, ambos em comandos de modelos Saxo, completaram , por esta ordem, as posições seguintes e a menos de um segundo do melhor crono.

 

Super 1600

 

Joaquim Machado (Peugeot 206 S1600), foi o melhor e o único a conseguir rodar na marca dos 00:38s. Mas a provar que estamos na categoria mais competitiva do Campeonato de Portugal de Ralicross, temos os seguintes seis lugares da tabela todos dentro do registo 00:39s. Este pelotão foi liderado por Sérgio Dias (Renault Twingo), seguido de João Novo (Citroën C2), Nuno Araújo (Skoda Fabia MK3), Rogério Sousa (Ford Fieste S1600) e Bruno Gonçalves (Citroën Saxo Kit Car), que por esta ordem completaram os seis primeiros lugares.

 

Kartcross

 

Jorge Gonzaga (LBS RX01), com um tempo de 00:35.6s, assinou a melhor volta na primeira qualificação da temporada 2020 dos Kartcross. Mas Pedro Rosário, aos comandos de um Semog Bravo, a um escasso décimo de segundo, deixou o aviso que não vai dar muita margem ao campeão em título. Luís Almeida LBS RX01 conseguiu o terceiro melhor registo.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 26 de maio de 2020 – 09:14:46

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...