15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Medalha de prata para Félix da Costa nas 24 horas de Le Mans

 

 

António Félix da Costa terminou a edição 2020 das 24 horas de Le Mans na 2ª posição na classe LMP2. Um excelente resultado para o piloto de Cascais, que esteve perfeito nos seus turnos e obteve mais um excelente resultado para a sua carreira, estreando-se no pódio da maior corrida de endurance do mundo.
 
 
A equipa composta por António Félix da Costa, o Inglês Anthony Davidson e o Mexicano Roberto Gonzalez, largaram da 7ª posição, para depois, fruto de uma consistência muito regular e de um excelente trabalho, tantos dos pilotos, como de toda a equipa JOTA Sport, foram subindo lugares na classificação, tendo passado pela liderança da prova ao inicio da noite.
 
Apesar do excelente andamento evidenciado ao longo da prova, a verdade é que os pneus Goodyear funcionaram bem em baixas temperaturas, mas sofreram alguns problemas de desgaste acentuado em temperaturas mais altas, factor que acabou por impedir o carro #38 de trazer a vitória para casa, numa grande batalha com o carro da United Autosport nº 22, que apenas ficou decidida nos últimos dez minutos, num final impróprio para cardíacos. Ainda assim este excelente 2º lugar é um grande prémio para a equipa e para o piloto Português, que mostrou uma vez mais porque é considerado um dos grandes nomes do automobilismo Internacional.
 
No final, após a prestigiante cerimónia do pódio AFC referia que "é sem dúvida um grande resultado para mim e para a JOTA, trata-se do meu primeiro pódio nas 24 horas de Le Mans, a grande prova de endurance a nível mundial. Acreditamos sempre e lutámos até à última volta ao máximo para vencer, mas sabíamos que não tínhamos o carro mais rápido, portanto a estratégia foi de não cometer erros e procurar espreitar uma oportunidade. Acabamos em 2º, um excelente resultado e como sempre disse, não ganhando eu, a vitória teria de ir na mesma para Portugal, por isso fico contente com a vitória do Filipe e ficam os meus parabéns, foram uns justos vencedores e foi um prazer lutar durante toda a corrida, foi uma grande batalha e terminar uma corrida de 24 horas separados por 32 segundos mostra bem isso."
 
Como já referido AFC, juntamente com Gonzalez e Davidson levaram o Oreca nº 38 da JOTA ao 2º lugar nestas 24 horas de Le Mans, terminando a 32,831 seg minutos do vencedores, o carro nº 22 da United Autosport, com Filipe Albuquerque, Paul di Resta e Phil Hanson ao volante, que totalizaram 370 voltas. No 3º lugar do pódio terminou o carro nº 31 da Panis Racing, ma sjá a duas voltas do carro de Félix da Costa.

Assim termina a 88ª edição das 24 horas de Le Mans, com vitória de um piloto luso, seguido de outro na 2ª posição, numa grande exibição e batalha entre Albuquerque e Félix da Costa, eles que são grandes amigos. AFC junta assim ao seu título Mundial de Fórmula E, este excelente 2º lugar nas 24 horas de Le Mans. OO FIA WEC (Mundial de Resistência) tem ainda uma prova por disputar, as 8 horas do Bahrain, no fim-de-semana de 12 de Novembro. 
 
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 27 de outubro de 2020 – 01:07:03

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...