14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Campeonato Europeu Sub-17: Jogos decisivos marcados para a manhã de domingo - 10h00

Dinamarca presente em quatro das cinco finais

Depois de uma manhã brindada com os quartos-de-final, a parte da tarde de ontem ficou guardada para a disputa dos encontros decisivos que deram acesso à final nas cinco variantes: singulares masculinos/femininos, e pares masculinos/femininos/mistos.

Numa meia-final, em que a participação pertenceu maioritariamente aos dinamarqueses e alemães, o brinde acabou por sorrir aos jogadores dinamarqueses e a fava aos alemães. Os nórdicos venceram quatro dos seis encontros realizados, enquanto a Alemanha perdeu nos quatro jogos em que participou. A Rússia (par misto e um par feminino) e Inglaterra (singulares masculino e em pares masculinos) fizeram o pleno triunfando nos dois jogos em que participaram. Finlândia e Bulgária estão na final de pares mistos e singulares femininos, respectivamente.

Na competição de singulares, tanto em masculinos – o inglês Alex Lane e o dinamarquês Rasmus Gemke - como em femininos - a búlgara Stefano Stoeva e a francesa Delphone Lansac, são os atletas mais cotados do torneio.

Em pares, tirando o afastamento da dupla com melhor ranking na variante mista – os germânicos Marvin Seifel e Linda Efler - não houve surpresas.

RESULTADOS DAS MEIAS-FINAIS:

Singulares Masculinos:

Alex Lane [1] (Inglaterra) - Lars Schänzler [5/8] (Alemanha), 21-16/21-14

Fabian Roth [9/16] (Alemanha) - Rasmus Gemke [2] (Dinamarca), 21-16/21-7

Singulares Femininos:

Stefani Stoeva [1] (Bulgaria) - Anne Katrine Hansen [5/8] (Dinamarca), 21-7/21-13

Julie Finne-Ipsen [3/4] (Dinamarca) - Delphine Lansac [2] (França), 21-11/22-20/21-17

Pares Masculinos:

Viktor Svendsen/Mads Sørensen [1] (Dinamarca) - Tanguy Citron/ Jordan Corvee [5/8] (França), 21-11/21-9

Patrick Bjerregaard/Peter Correll (Dinamarca) - Felix Burestedt/Daniel Ojäaar [5/8] (Suécia),

Pares Femininos:

Olga Morozova/ Nataliy Rogova [5/8] (Rússia) - Ine Lanckriet/Flore Vandenhoucke [5/8] (Bélgica), 21-12/21-12

Julie Davidsen/ Maiken Sørensen [3/4] (Dinamarca) - Jennifer Moore/Victoria Williams [2] (Inglaterra), 22-20/18-21/21-12

Pares mistos:
Iikka Heino/Mathilda Lindholm [3/4] (Finland) - Marvin Seidel/Linda Efler [1] (Alemanha), 25-23 e 22-20

Aleksandr Zinchenko/Olga Morozova [5/8] (Russia) - Johannes Pistorius/Jennifer Karnott [5/8] (Alemanha), 21-9 e 21-19.

A manhã de domingo, a partir das 10h00 está reservada para a realização das finais das cinco disciplinas.


DECLARAÇÕES:

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto – Alexandre Mestre

O Badminton é uma modalidade que tem apostado muito na base, na formação, a começar pelo desporto escolar. Este centro é um exemplo disso. É um desporto muito interessante e agradável. O Centro de Alto Rendimento é algo que faz todo o sentido em existir. Foi uma aposta da Federação e com uma boa gestão conseguiram criar um modelo a seguir. É normal que infra-estruturas como estas que albergam campeonatos assim, desenvolvam um estímulo muito maior para os nossos jovens atletas.


  

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 04:16:55

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...