13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

António Stott Howorth vence a primeira etapa do Campeonato Nacional Montepio em condições de luxo em Supertubos Peniche

O dia começou cedo para os atletas que tinham o check-in marcado para as 08:30 da manhã na praia de Supertubos em Peniche. Quando chegaram à praia o cenário era de luxo, ondulação de oeste e vento norte faziam com que as ondas na praia de Supertubos estivessem ao nível dos melhores dias.


Mas foi pelas onze da manhã com a maré a subir na areia que a primeira bateria entrou na água. Com o vento a abrandar as ondas tornaram-se mais surfáveis para os bodysurfers que perseguiram ao longo de todo o dia as ondas maiores dos sets que rolavam sobre a bancada de areia dos Supertubos.

 


Na praia o público foi chegando com o decorrer do dia, mostrando-se curioso e interessado no decorrer da prova ao longo do dia.

 


Com o avançar das baterias foram alguns, os destaques da prova, por um lado Nuno Mesquita que com um estilo limpo traçou o seu caminho até à final, também David Bensaude que depois de uma eliminação prematura na única prova que se tinha realizado em 2014, mostrou um nível bom que o levou heat após heat até à final. Diogo Amaral da Figueira da Foz é outro dos destaques do dia. O seu controle na onda e sobretudo dentro dos tubos levou-o até à final.

 


De destacar ainda os atletas locais, Hélio “Laranja” Conde e Vasco Castro que avançaram até aos quartos-de-final, mostrando bom nível e sobretudo conhecimento da onda.

 


A final começou já com a maré quase vazia, com ondas novamente mais tubulares mas mais pequenas do que manhã. Diogo Amaral liderou durante quase a totalidade da bateria com uma seleção de ondas exemplar, no entanto a necessitar de uma onda de 2 pontos, António apanhou nos derradeiros minutos uma onda mais pequena que trabalhou intensamente até chegar a areia e que lhe rendeu os dois pontos necessários para levar para casa a vitória na primeira etapa do Campeonato Nacional de Surf Montepio.

 


Para a organização “ este foi um começo exemplar do circuito, com uma adesão fantástica dos atletas e sobretudo com ondas muito boas numas das melhores ondas de Portugal. Seguramente que este dia histórico será recordado por muitos nos próximos anos. Estamos expectantes agora para a próxima etapa no dia 18 de Julho na Figueira da Foz

 


O calendário das provas é:


Peniche MONTEPIO Pro -27 de Junho em Peniche – Praia de Supertubos
Figueira da Foz Pro 18 de Julho na Figueira da Foz – Praia do Cabedelo
AHUA Pro - 12 de Setembro – Costa da Caparica – Praia da Cova do Vapor
FLM Cascais Pro -13 de Setembro – Cascais – Praia de Carcavelos

 


As inscrições estão abertas para as próximas etapas em www.bodysurfportugal.com

 


Este campeonato só é possível com o patrocínio do Montepio com o apoio das Câmaras Municipais de Peniche, Figueira da Foz, Almada e Cascais, do Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche, da Península de Peniche Surf Clube, da Associação de Surf da Figueira da Foz, do Instituto de Socorros a Náufragos, da ASA Surf, das águas da Fonte Viva, da AHUA e da FLM, marcas de handplanes, da Weventual que garante as inscrições, da Surfrider Foundation Europe – Lisboa, da Federação Portuguesa de Surf, da Alfarroba Ideias e Eventos que assume a organização deste campeonato e sobretudo dos bodysurfers que receberem e apoiaram esta iniciativa desde do primeiro momento.
 

Periodicidade Diária

sábado, 20 de julho de 2019 – 05:22:08

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...