13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Tiago Mesquita e Miguel Rocha sagram-se Campeões Nacionais em Casa

 

Começou na praia da Vagueira, Casablanca pelas 09:15 a última etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf. O dia cinzento trouxe também um dia de boas ondas e pouco vento. A rondar o metro e com a maré a vazar a primeira bateria da manhã arrancou com apenas dois atletas, devido a uma falta de comparência. Jaime Bonito um dos atletas juniores, veio competir no Open a carimbou a sua passagem para os quartos de final em primeiro da bateria.

 

O dia foi todo de boas ondas e boa vibração na areia e no pontão que, como habitualmente se encheram de pessoas para assistir ao herói local Miguel Rocha a surfar em casa. Foi no entanto Diogo Areias, outro atleta da Vagueira que se destacou ao longo dia com ondas solidas e surfadas sempre no limite. Diogo, foi assim pela segunda vez a uma final do Campeonato Nacional de Bodysurf e mostrou que na categoria Open ainda tem muitas cartas para dar no futuro.

 

Quem esteve imparável também foi Rodrigo Carrajola, atleta da Costa da Caparica, que depois de ter perdido in extremis a luta pelo título na prova de Santa Cruz, prometeu que viria à Vagueira ganhar a etapa e foi justamente o fez, não dando hipóteses aos seus adversários ao longo de toda a prova. A final masculina teve então como vencedor, Rodrigo Carrajola, em segundo lugar Diogo Areias, em terceiro lugar Miguel Rocha e em quarto lugar João Metelo, que carimbou este ano quatro finais.

 

O top 16 do raking final do Campeonato Nacional de Bodysurf é composto por:

 

 

1.       Miguel Rocha ( ASV)

2.       Rodrigo Carrajola (ASCC)

3.       João Metelo ( Sealand)

4.       João Brogueira (SCP)

5.       Diogo Areias ( NCSDNAPV)

6.       Tiago Marques (PPSC)

7.       Tiago Ramos (ASV)

8.       Pedro Collaço (PPSC)

9.       Miguel Correia (ASCC)

10.   Rui Lopes (ESC)

11.   João Martins (PPSC)

12.   Tomás Calmeiro (ASCC)

13.   João Paulo Ribeiro ( Sealand)

14.   António Pedro ( ASSW)

15.   Diogo Marques (SCS)

16.   Miguel Arrobas ( Sealand)

 

Com apenas 4 atletas em prova a final do primeiro campeonato nacional de bodysurf Júnior, teve como destaque máximo Jaime Bonito, atleta de Carcavelos, que em três participações se sagrou três vezes vencedor da etapa. Mas foi Tiago Mesquita que conseguiu o título de primeiro Campeão Nacional Júnior de Bodysurf, ao garantir o segundo lugar na etapa deixando para trás Filipe Sá Leal e António Coutinho que não conseguiu apresentar o mesmo nível de anteriores edições.

 

O top seis do ranking final Júnior é composto por:

 

 

1.       Tiago Mesquita (ASV)

2.       António Coutinho ( ASCC)

3.       Jaime Bonito ( Aquacarca)

4.       Filipe Sá Leal ( ASSW)

5.       Miguel Arrobas (Sealand)

6.       Vasco Arrobas ( Sealand)

 

Este ano o Campeonato foi composto por 5 etapas de um dia, com o seguinte calendário.

 

Campeonato Nacional de BodysurfI Campeonato Nacional de Bodysurf Júnior

Cascais Pro - 21 de abril –Carcavelos, Cascais

Ericeira Pro - 19 de maio – Ericeira – Mafra

Peniche Pro - 15 de julho – Pico da Mota, Peniche

Ocean Spirit Pro - 28 de julho – Sta Cruz – Torres Vedras

Vagueira Pro - 16 de setembro – Vagueira – Vagos

 

Este campeonato só é possível com o apoio da Câmara Municipal de Cascais, do Aqua Carca, da Câmara Municipal de Mafra, do Ericeira Surf Clube, da Câmara Municipal de Peniche, Do Península de Peniche Surf Clube, do Centro de Alto Rendimento

de Peniche, da Câmara Municipal de Torres Vedras, da Sealand, da Manel Sport, da Promotorres e dos patrocinadores do Ocean Spirit, da Câmara Municipal de Vagos, da Associação de Surfistas de Vagos, do Mare,  da Dafin, das águas da Fonte Viva,  da Espumantaria,  da Surfrider Foundation Europe Lisboa, dos parceiros de media MEO Beachcam, da Federação Portuguesa de Surf, da Associação Surf Social Wave que assume a organização deste campeonato e sobretudo dos bodysurfers que são o maior incentivo para  levar este campeonato mais longe.

 

A Associação Surf Social Wave é uma associação sem fins lucrativos que atua na área do surf, contribuindo através da prática deste desporto e de todas as valias que o mesmo traz, quer do ponto de vista da capacitação física, quer do ponto de vista da aquisição de competências, para a melhoria de vida de três segmentos da sociedade em situação de exclusão social ou em risco de exclusão. Este é um projeto estruturante e estruturado, que está alavancado nos principais parceiros do surf em Portugal e conta com parceiros institucionais.

 

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 25 de abril de 2019 – 23:44:38

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...