14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Campeonato do Mundo para Cegos e Baixa Visão - Odivelas 2018:

 

O Campeonato do Mundo de Judo para Cegos e Baixa Visão - Odivelas 2018 entrou na reta final este domingo, 18 de novembro, com a Competição de Equipas.

 

Durante esta manhã, no Pavilhão Multiusos de Odivelas, realizaram-se as eliminatórias para apurar as Seleções presentes no Bloco de Finais da tarde. Estiveram nos tatamis 17 Equipas Masculinas e 12 Femininas.

 

Portugal participou com a Seleção Masculina, composta por 3 elementos: Miguel Vieira (-66 kg), Ruben Gonçalves (-73 kg) e Djibrilo Iafa (-81 kg).

 

A Seleção Nacional enfrentou a Equipa Francesa, constituída por 4 Judocas, no primeiro confronto. Na categoria -66 kg, Miguel Vieira venceu por falta de adversário. Após 2 combates equilibrados, Ruben Gonçalves (-73 kg) e Djibrilo Iafa(-81 kg) não conseguiram superar os seus oponentes. Os franceses somaram mais duas vitórias por falta de adversário, fechando o resultado em 4-1.

 

Os últimos combates do Campeonato do Mundo de Judo para Cegos e Baixa Visão cumprem-se esta tarde, decidindo qual a Seleção Campeã Mundial, na vertente Feminina e Masculina.

 

Recordamos que esta edição do Campeonato do Mundo de Judo para Cegos e Baixa Visão bateu o Recorde de Participação (267 Judocas de 42 Países), sendo considerada a Maior de Sempre.

 

Declarações:

 

Hugo Martins – Presidente da Câmara Municipal de Odivelas

“Eu acho e sinto que temos vindo a fazer um caminho muito consequente. A Câmara Municipal de Odivelas orgulha-se de partilhar este projeto em prol da modalidade com a Federação Portuguesa de Judo. Esta competição é um orgulho para o país, para o concelho de Odivelas e para a Federação. Cada vez mais nos reconhecem o mérito e a capacidade organizativa deste tipo de eventos. Odivelas tem vindo a assumir-se de uma forma diferenciadora no Desporto, no Desporto para Todos, no Desporto Associativo e no Desporto Informal, de forma a envolver todas as gerações. Somos um concelho promotor de hábitos e estilos de vida saudáveis.”

 

Jerónimo Ferreira – Treinador Nacional

“O balanço é muito positivo. No primeiro dia fizemos bons combates, umas vezes ganhando, outras não, mas fica a experiência, o espírito de equipa e a vontade de vencer que os judocas demonstraram. Hoje entrámos com menos dois atletas, mas isso não nos desanimou, fomos à luta. O Djibrilo competiu num peso acima contra o francês que venceu a Medalha de Bronze ontem e deu-lhe bastante luta. O saldo é positivo. Nos próximos dias vamos realizar um estágio com os restantes judocas participantes nesta competição. É uma forma de aprendizagem e de conhecerem os melhores do mundo. Vai ser muito forte.  Quero deixar uma palavra final para a Organização. Em tom de brincadeira, estou ‘cansado’ de ouvir tanto elogio. Não há Atleta ou Treinador que não tenha chegado ao pé de mim e deixado os maiores elogios a esta organização, está fantástica.”

 

Comité Paralímpico de Portugal - Secretário-Geral – José Manuel Costa e Oliveira

“O Comité Paralímpico olha com bastante entusiasmo para esta competição. Estamos envolvidos desde o início, é um trabalho que começou há muitos anos e é bom ver Portugal a competir com 6 Atletas e 1 Equipa num Campeonato do Mundo desta vertente do Judo. Temos um Atleta no Projeto Paralímpico e 3 nos Projeto Esperanças Paralímpicas, o que abre perspetivas muito interessantes para Tóquio 2020.”

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 17 de setembro de 2019 – 12:54:09

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...