14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Navio da Marinha realiza investigação do fundo do mar dos Açores

 

O navio hidro-oceanográfico D. Carlos I largou esta manhã da Base Naval de Lisboa, para realizar uma campanha científica de 9 semanas no âmbito do Mapeamento do Mar Português (SEAMAP 2030), ao largo do Arquipélago dos Açores.

 

Esta campanha científica, que terá a cooperação do Governo Regional dos Açores, irá incidir em levantamentos hidrográficos a 200 milhas náuticas a norte da Ilha da Graciosa, em profundidades até aos 1500 metros.
 
O programa SEAMAP 2030, tem como objetivo a caracterização dos fundos marinhos para aumentar o conhecimento nas áreas estratégicas de interesse nacional e promover atividades de desenvolvimento das ciências do mar.
 
Este programa irá permitir a aquisição e processamento de dados para desenvolver produtos finais como cartografia náutica, mapas de informação diversa dos fundos marinhos e conhecimento do Mar Português. 
 
Para esta campanha científica embarcam dois observadores de cetáceos da Universidade dos Açores e uma equipa da Brigada Hidrográfica do Instituto Hidrográfico, constituída por cinco militares da Marinha especializados em Hidrografia. Esta equipa realizará levantamentos hidrográficos costeiros e portuários nas ilhas da Graciosa e de São Jorge. 
 

 

O NRP D. Carlos I é comandado pelo capitão-tenente Teotónio Barroqueiro e tem uma guarnição de 9 oficiais, 7 sargentos e 21 praças, num total de 37 militares, incluindo um médico e dois mergulhadores.

Periodicidade Diária

quarta-feira, 8 de julho de 2020 – 09:40:09

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...