18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Aviões e Helicópteros levam milhares à Praia da Rocha

 
Uma extraordinária e impactante exibição aérea sobre a Praia da Rocha marcou o último dia da presença da Força Aérea naquela cidade centenária, no âmbito das comemorações do 72.º aniversário.
 
Tendo o mar como pano de fundo, os meios aéreos da Força Aérea tornaram o cenário edílico, provocando êxtase nos milhares de pessoas espalhadas pelo extenso areal e pelos pontos mais altos de acesso à praia.
 
Ao longo da tarde de domingo, a Força Aérea protagonizou passagens aéreas, movimentos acrobáticos e demonstração de missões, como o caso da busca e salvamento e de infiltração de militares equipados no teatro de operações, representando assim as missões quer estritamente militares quer de apoio à população civil que caracterizam a atuação da Força Aérea. A exibição encerrou com uma demonstração dos caças F-16M que rasgaram os céus algarvios provocando entusiasmo ao areal da Praia da Rocha, com vista sob o Atlântico.
 
Durante uma semana, a Força Aérea voou até Portimão para celebrar os 72 anos da Instituição, proporcionando, com o apoio da Câmara de Portimão, diversos eventos que aproximaram a comunidade militar da sociedade, dando a conhecer as missões que realizam em prol do país. Em destaque a inédita corrida e caminhada no asfalto do Autódromo Internacional de Portimão, que reuniu mais de 850 pessoas. Ainda como atividades desportivas, ao longo da semana a Força Aérea pôs a Praia da Rocha a mexer, com uma prova de duatlo constituída por pistas de obstáculos e laser run, que atraiu 860 pessoas, entre os 2 e os 73 anos de idade. Igualmente, mais de 520 pessoas, sobretudo crianças e idosos, viveram a sensação de voar a bordo do avião KC-390, numa experiência de batismo de voo, com o mais novo de 6 anos e o mais sénior de 93.
 
Cerimónia Militar: CEMFA destaca “hércule esforço” dos militares
Como momento alto, a Força Aérea foi ainda celebrada no sábado com a tradicional cerimónia militar que reuniu centenas de populares na zona ribeirinha e que foi presidida pelo Ministro da Defesa Nacional, Nuno Melo. Em discurso, Nuno Melo deixou palavras de apreço aos militares da Força Aérea, prometendo “muito em breve, um caminho de maior investimento nas pessoas e de maior capacitação das Forças Armadas”. O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General João Cartaxo Alves, destacou o extraordinário empenho de todos os militares e trabalhadores civis ao serviço da Instituição, agradecendo o sentido de dedicação demonstrado perante um grau de exigência cada vez mais elevado, prometendo que "hoje, como ontem, ao longo de 72 anos, e como no futuro, estaremos sempre presentes na vida quotidiana dos nossos concidadãos e prontos para dizer presente, a Portugal e aos portugueses." Em discurso, recordou ainda que os nossos militares sempre encararam e enfrentaram as complexidades e os riscos, sempre norteados por um singular espírito de sacrifício e de missão e voam com o propósito sobre humano de voar pelos outros". No entanto, acrescentou, "com todo este hércule esforço, observámos um efetivo cada vez mais diminuto e a verdade é que a Força Aérea não é competitiva face ao mercado civil.  Como consequência, o efetivo militar é sacrificado diariamente. O tempo não joga a nosso favor e não há instituição nenhuma que persista ao desfalque dos seus recursos mais importantes – as pessoas –, enquanto vê adicionar novas missões aos seus já árduos deveres".
A cerimónia militar encerrou com o desfile das forças em parada e de meios aéreos representativos da Instituição sobre o Rio Arade, momento que marcou as centenas de populares presentes.
 
Exposições e eventos simbólicos
Durante a presença da Força Aérea em Portimão foram muitos aqueles que visitaram a exposição da Força Aérea junto à zona ribeirinha que, num contacto mais próximo com os militares, conheceram as missões da Força Aérea, assistiram a demonstrações de inativação de engenhos explosivos e cinotécnicas, tiveram a oportunidade única de se sentar num cockpit do F-16M ou do histórico Alouette III e conheceram os 30 de história da presença dos F-16M em Portugal.
 
A Força Aérea promoveu ainda dois grandiosos espetáculos musicais protagonizados pela Banda de Música da Força Aérea, engrandecidos com a voz de Nuno Guerreiro que encantou a plateia quer no Concerto Oficial realizado no passado sábado no Teatro Municipal de Portimão, quer no Concerto Popular realizado na zona ribeirinha de Portimão na noite de 30 de junho.
 
No último dia dos eventos, houve ainda lugar à Missa de Ação de Graças e Sufrágio na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e ao arriar das bandeiras nacionais, de Portimão e da Força Aérea, que ditaram o encerramento da presença da Força Aérea em Portimão.
 
Missa na Serra do Carvalho
Ainda inserido nas comemorações do aniversário da Força Aérea, no próximo domingo, 14 de julho, pelas 11h00, realiza-se a Missa de Homenagem aos Militares Falecidos na Serra do Carvalho, evocativa dos oito Pilotos que perderam a vida num acidente aéreo durante a execução de uma manobra integrada nas comemorações do 3.º aniversário da Força Aérea, em 1 de julho de 1955.
 
Próximos eventos: Bases Abertas à população
A Força Aérea mantem ainda a iniciativa das Bases Abertas, proporcionado a oportunidade única de entrar e conhecer uma unidade da Força Aérea, participando em diversas atividades com destaque para os batismos de voo. A próxima Base Aberta decorre já no domingo, 14 de julho, na Base Aérea N.º 8 em Ovar, seguida da Base Aérea N.º 4, nas Lajes, em 4 de agosto; Base Aérea N.º 1, em Sintra, em 8 de setembro; Base Aérea N.º 5, em Monte Real, em 15 de setembro e Aeródromo de Manobra N.º 3, em Porto Santo, em 28 de setembro.
 

Periodicidade Diária

domingo, 21 de julho de 2024 – 04:45:41

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...