13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

MX das Nações 2018 - Lusos no 21º lugar

 

 

Com presença constante e sem interrupções no Motocross das Nações, prova que se realiza desde 1947, a selecção portuguesa da especialidade esteve este fim‑de‑semana na pista norte-americana de Red Bud para integrar o lote de 30 equipas que se fizeram representar naquela que foi a quinta vez que a prova se realizou em solo norte-americano.

 



Com o experiente Rui Gonçalves - que participou pela 17ª vez na prova - a liderar o trio luso onde estavam igualmente os estreantes Diogo Graça e Luis Outeiro, foi por muito pouco que a equipa portuguesa não conseguiu o apuramento para a fase decisiva da prova, onde alinham apenas as 20 melhores equipas. Apesar de todos os esforços porque parte da equipa a qualificação não foi possível após as corridas de Sábado onde foram somados 32 pontos, ficando a equipa a escassos três pontos do objectivo inicial no final de três intensas corridas onde a o pesado e encharcado traçado com mais de 1800 metros deixou em dificuldades bastantes equipas com vasto palmarés no evento que se viram em dificuldade para qualificar.

Com a pista novamente muito 'pesada' devido à lama no Domingo foi novamente por pouco que a equipa portuguesa não conseguiu o apuramento na designada Final B onde uma das equipas não apuradas ganha o acesso ás corridas principais, ficando na segunda posição  depois de Rui Gonçalves ter sido terceiro,

 

 

Diogo Graça sétimo e Luis Outeiro o 14º.

 

A equipa nacional ficava assim de fora do duelo mais desejado, recordando a prova realizada em Itália (Maggiora) em 2016 quando também por muito pouco os três pilotos portugueses ficaram no 21º lugar final.

Esta foi a nona edição em 25 participações consecutivas que a equipa lusa não esteve entre as 20 melhores, sendo igualmente a primeira vez desde 2002 que Portugal contou com dois pilotos estreantes na prova.

 

 

Nota ainda para o facto de Luis Outeiro ter sido o mais jovem piloto europeu na prova com os seus 15 anos,

 

 

e Rui Gonçalves o mais velho piloto da Europa com 33 anos de idade.

 

Em 2019 a prova realiza-se na cidade holandesa de Assen.

 

 


 

terça-feira, 23 de outubro de 2018 – 07:55:23

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...