12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Triatlo do Sabugal 2018

 

Fim de semana com o Triatlo do Sabugal a receber duas prova pontuáveis do Campeonato Nacional de Clubes

 

Foram dois dias de provas desportivas, no dia 12 de maio disputou-se a segunda etapa do campeonato nacional de clubes de triatlo na distância sprint e no dia 13 de maio realizou-se o campeonato nacional de estafetas mistas que contou com um triatlo super sprint.

 

A prova correu bem, com algum frio a dificultar a competição. O segmento da natação foi realizado na barragem do Sabugal, um percurso de bicicleta técnico, com curva e contracurva e com subidas incluídas. A transição realizou-se no centro do Sabugal, sendo que o segmento da corrida realizou-se ao longo do rio Coa.

 

Os clubes vencedores do Triatlo do Sabugal

 

 

O Portugal Talentus foi o clube vencedor desta segunda etapa, com Calum Johnson (00:56:41), Filipe Azevedo (00:57:38) e David Luís (00:57:42).

 

Calum Johnson que foi também vencedor absoluto contou-nos que «a corrida foi boa, gostei da corrida no Sabugal, uma região bonita e tranquila.» Na sua prestação, o triatleta considerou ‘que fez um bom segmento de natação, saindo numa boa posição da água’. A seguir no percurso de ciclismo «puxei muito na primeira subida como sei que é o meu forte, geri para ficar num grupo pequeno de oito pessoas. O grupo não funcionou, mas trabalhei em conjunto com o meu companheiro de equipa David Luís para nos afastarmos do grupo o mais possível.» O triatleta inglês gostou muito das subidas e do piso de calçada. «Depois na corrida também me senti bem e puxei desde o início sem olhar para trás. Esforcei-me muito nas subidas e tentei aumentar a distância dos outros triatletas.». Mostrou-se também muito contente com a vitória no Sabugal: «Fiquei muito feliz por ganhar e fazer uma boa prova. Também fiquei satisfeito pelo clube Portugal Talentus ter tido uma prestação global muito boa. Fui muito bem recebido, senti-me muito bem-vindo neste triatlo em Portugal.». Calum promete que vai voltar ao nosso país, especialmente para participar na prova no Sabugal. «Obrigado pela excelente prova!» agradeceu no final o triatleta.

 

Filipe Azevedo, triatleta que vive atualmente no Dubai, ficou contente com a prestação do clube e por competir em Portugal. «Correu bem em termos de equipa, conseguimos atingir o objectivo, que seria vencer por equipas.» Filipe faz uma autocrítica na prestação individual: «Fiz alguns erros nas transições e fiquei envolvido numa queda que me fez perder algum tempo e desgastar um pouco mais do que estava à espera.» De qualquer forma, o balanço foi positivo, dado que ficou em segundo da sua equipa: «Consegui mesmo assim fazer um bom segmento final, mas devido ao desgaste anterior cheguei sem força para o sprint. No geral senti- me bem e foi bom voltar a competir em Portugal.» concluiu o triatleta que venceu recentemente a Taça Continental da Ásia de Triatlo, nas Filipinas.

 

Já David Luís explica que ‘a prova correu bem a nível pessoal e coletivo’. «Tivemos uma prestação muito forte e a vitória coletiva acabou por ser fácil.» Na opinião do triatleta ‘o percurso é perigoso, mas tem subidas interessantes e de certa forma divertidas.’ O triatleta do Portugal Talentus partilhou connosco a sua performance: «A nível pessoal tive alguns problemas na água, no ciclismo trabalhei muito com o meu colega Calum Jonhson. E a corrida foi muito positiva apesar de o percurso ser complicado e o piso mau.»

 

Na segunda posição ficou o Clube de Natação de Torres Novas, com Ricardo Batista (00:57:28), José Pedro Vieira (00:58:20) e Afonso do Canto (00:58:26)

 

O Outsystems Olímpico de Oeiras fechou o pódio das equipas com Tiago Fonseca (00:57:25), Miguel Tiago Silva (00:58:23) e Afonso Garcia (00:59:31).

 

Campeonato Nacional de Clubes Femininos do Triatlo do Sabugal

 

 Na competição feminina o Alhandra Sporting Club saiu-se vencedor com Melina Alonso (01:10:30), Inês Rico (01:10:35) e Ana Filipa Ferreira (01:12:06).

 

A triatleta espanhola Melina Alonso, que também venceu a prova absoluta, explicou-nos que «A competição correu muito bem, já que o objetivo da equipa era chegar o mais rápido possível.». Melina avalia a prova de modo muito positivo: «Eu pessoalmente estive muito bem nos três segmentos e estou feliz por conseguir ganhar a prova»!. 

 

Inês Rico fala-nos da prova e da estratégia com o clube: «A prova começou um pouco dura pois apesar de a natação ser o meu segmento mais fraco, desta vez ainda me correu pior que o habitual, o que me deixou com maus indicadores para o resto da prova. No entanto, ao perceber que tínhamos duas colegas de equipa na frente, decidi não puxar, juntamente com mais duas colegas, para que as triatletas dos outros clubes trabalhassem. Como o grupo da frente ia lento, deu-nos oportunidade para as apanharmos».


A estratégia do Alhandra Sporting Club foi poupar no ciclismo, realizando um percurso lento para diminuir o desgaste. «Ao chegar à corrida, que é o meu segmento mais forte, decidi gerir o esforço e ir atrás da nossa atleta espanhola para a acompanhar o máximo que conseguisse!» explica Inês.


A triatleta esteve quatro semanas sem treinar a corrida como deve ser, por causa da recuperação de uma lesão. «Nos últimos metros acusei o desgaste e perdi assim cinco segundos importantes para Melina!» A atleta do Alhandra Sporting Club está feliz por esta prova e pela prestação da sua equipa!

 

O clube que ficou em segundo lugar foi o Outsystems Olímpico de Oeiras com Ana Ramos (01:11:14), Lúcia Vergara (01:12:01) e Liliana Alexandre (01:12:41)

 

A terceira posição do pódio foi conquistada pelo Sporting Clube de Portugal com Inês Oliveira (01:12:38), Mónica Vera Cruz (01:14:19) e Katarina Larsson (01:14:44).

 

Os resultados individuais do Campeonato Nacional no Triatlo do Sabugal

 

 

Calum Johnson do Portugal Talentus venceu a competição absoluta do Campeonato Nacional de Clubes no Triatlo do Sabugal com o tempo de 00:56:41. Tiago Fonseca, do Outsystems Olímpico de Oeiras, ficou em segundo lugar com 00:57:25 e foi Ricardo Batista, do Clube de Natação de Torres Novas, que fechou o pódio desta prova com a marca de 00:57:28.

 

Na prova feminina Melina Alonso, do Alhandra Sporting Club, foi a triatleta mais rápida a chegar à meta com 01:10:30, seguida de Inês Rico, também do Alhandra Sporting Club, que completou a prova em 01:10:35. Na terceira posição ficou Ana Ramos, do Outsystems Olímpico de Oeiras, com 01:11:14.

 

O V Triatlo do Sabugal foi uma organização da Câmara Municipal do Sabugal, com o apoio técnico da Federação de Triatlo de Portugal. Este evento decorreu nos dias 12 e 13 de maio de 2018 e contou com duas provas pontuáveis para o Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo.

 

 


 

sábado, 21 de julho de 2018 – 07:22:06

Pesquisar

Reportagens fotográficas em preparação

- Rolex TP52 World Championship 2018 - Cascais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...