12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

As Extreme Sailing Series™ apresentam em 2018 um circuito global com oito etapas

 

Em 2018 as Extreme Sailing Series™ estão prontas para voar pelo décimo segundo ano consecutivo, conforme foi hoje anunciado pelos organizadores OC Sport, um circuito global que visitará oito grandes cidades em três continentes. O Médio Oriente, a Europa e as Américas estão em linha com o que promete ser mais um ano de muita adrenalina, já que as Séries continuam a proporcionar um circuito com garantias para as equipas e parceiros à escala global. Assista aqui ao vídeo oficial para descobrir por onde as Extreme Sailing Series vão passar.

 

Os fãs, não terão que aguardar muito para acompanhar o primeiro evento das Extreme Sailing Series, este ocorre dentro de aproximadamente quatro semanas em Muscat, Omã, de 14 a 17 de março. David Graham, Oman Sail CEO, saudou a oportunidade de acolher o primeiro evento da temporada. "Estamos satisfeitos por receber a prova inaugural das Extreme Sailing Series em Omã pelo oitavo ano. Este evento de classe mundial num formato de estádio, atrai a media global e traz centenas de visitantes para aproveitar a alta velocidade e ação desta regatas. O evento permite-nos mostrar o país ao mundo e encaixa-se perfeitamente com a nossa missão de promover o Sultanato como um destino turístico de alto nível e de aventura".

A segunda etapa de 2018 verá as Extreme Sailing Series e o GC32 Racing Tour juntarem-se para formar uma frota de tamanho recorde no Campeonato Mundial GC32 em Riva del Garda, Itália, de 24 a 27 de maio. Este será o primeiro Campeonato Mundial da GC32, desde que se tornou uma classe mundialmente reconhecida pela vela no ano passado.

 

Com pouco tempo para descansar, a frota segue para Barcelona, Espanha, pela segunda vez, de 14 a 17 de junho. Com base num novo local, a Marina Vela, os organizadores locais da FNOB esperam aproveitar o sucesso de 2017 para envolver mais pessoas na prova. Xosé-Carlos Fernández, CEO da FNOB, explicou: "As Extreme Sailing Series é sem dúvida um dos circuitos mais importantes da vela internacional. É um complemento perfeito para a Barcelona World Race, a nossa corrida de volta ao mundo com dois tripulantes. Graças ás Extreme Sailing Series, mantemos as pessoas de Barcelona ligadas à emoção da vela de uma forma direta e acessível".

 

De Barcelona, a frota volta a Portugal de 5 a 8 de julho, num local a ser anunciado nos próximos meses, antes de São Petersburgo, na Rússia, que regressa ao calendário de 9 a 12 de agosto. Provavelmente, um dos estádios mais emblemáticos, no centro da cidade, coma Fortaleza de Peter e Paul e o Palácio de Inverno como pano de fundo, a Rússia é mercado-chave para muitos dos nossos parceiros, e São Petersburgo tem historicamente proporcionado algumas das regatas mais espectaculares desde a introdução dos catamarãs com foils GC32 em 2016.

 

Cardiff, vai receber a frota novamente como parte do Festival do Porto de Cardiff, no Reino Unido, de 24 a 27 de agosto. Sempre uma das etapas favoritas para o público e os velejadores, devido ao acessível estádio à beira-mar e às regatas muito próximas, este ano deverá ser ainda mais espetacular, pois o País de Gales celebra o seu "Ano do Mar".

 

O Ministro do Governo de Gales para a Cultura, Turismo e Desporto, Lord Elis-Thomas comentou: "2018 será a sétima vez que em Cardiff Bay se vai sentir a emoção das Extreme Sailing Series. Estamos a celebrar o Ano do Mar no País de Gales, que é uma oportunidade fantástica para o País de Gales marcar posição como principal destino costeiro do Reino Unido no século XXI - com produtos, eventos e experiências de classe mundial - com este evento a desempenhar um papel muito importante.

 

"As Extreme Sailing Series oferecem a Cardiff uma dimensão global, ao lado de outros locais premium, e dá-nos a oportunidade de promover a Baía de Cardiff internacionalmente, como uma plataforma de referência mundial para a vela e os desportos náuticos".

 

A frota deixa a Europa para trás, e ruma para o oeste dos EUA, onde San Diego acolherá a penúltima etapa de 18 a 21 de outubro. O evento tornou-se um sucesso instantâneo para os espectadores e velejadores em 2017, com regatas fenomenais, com um estádio muito tático que proporcionou ao público um evento memoravel.

 

Joe Terzi, presidente e CEO da Autoridade de Turismo de San Diego, comentou: "A Autoridade de Turismo de San Diego está muito entusiasmada por garantir o regresso das Extreme Sailing Series a San Diego. Este evento único oferece aos visitantes a oportunidade de acompanhar uma competição emocionante que poucas cidades ao redor do mundo têm a sorte de poder acolher, e nossa economia local sai beneficiada, dando aos visitantes uma razão para regressar a San Diego".

 

O grande final acontecerá em Los Cabos, no México, após um grande sucesso no ano passado para todos os velejadores- onde o recorde de velocidade Zhik, com tecnologia da SAP, foi atingido com 33,7 nós - e parceiros comerciais do circuito. Rodrigo Esponda, diretor-geral da Fiturca, comentou: "2017 foi um grande sucesso, e este foi um dos eventos mais bem sucedidos que decorreu em Los Cabos. Temos a honra de ter as Extreme Sailing Series de volta a Los Cabos".

 

Andy Tourell, diretor do circuito Extreme Sailing Series, que liderou o desenvolvimento desta modalidade desportiva pioneira nos últimos seis anos, comentou: "O circuito continuará a oferecer um conjunto de regatas incomum, incomparável com outros eventos, em cada etapa podem ver até 32 regatas. Isto significa mais competição para os velejadores e um melhor horário de entretenimento para espectadores, convidados VIP e media.

 

"Nós também continuaremos a tendência dos últimos quatro anos, em que viu o número médio de regatas crescer, mantendo as regatas bem perto da costa".

 

Este circuito global de regatas e única plataforma eventos corporativo na vela, e é um dos únicos sete Eventos Especiais da World Sailing, verá equipas de regresso e novas constituídas por alguns dos melhores velejadores do mundo.

 

2018 Calendário de provas Extreme Sailing Series:

 

14 - 17 Março - Ato 1, Muscat, Omã

24 – 27 Maio - GC32 World Championship, Riva del Garda, Itália

14 - 17 Junho - Ato 3, Barcelona, Espanha

5 - 8 Julho - Ato 4, Portugal

9 - 12 Agosto - Ato 5, St Petersburg, Rússia

24 – 27 Agosto - Ato 6, Cardiff, Reino Unido

18 - 21 Outubro - Ato 7, San Diego, EUA

29 Novembro - 2 Dezembro - Ato 8, Los Cabos, México

 

 


 

quinta-feira, 16 de agosto de 2018 – 04:30:50

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...