18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Luís Costa 11.º na prova de fundo

Luís Costa terminou a prova de fundo de estrada da classe H5 do Campeonato do Mundo de Paraciclismo no 11.º lugar, depois de ter sido vítima de uma queda quando seguia bem posicionado para terminar nos seis primeiros lugares.

 

O paraciclista português completou os 62,4 quilómetros (quatro voltas a um percurso de 15,6 quilómetros) em 1h48m09s, mais 6m43s do que o registo do neerlandês Mitch Valize, que conquistou a medalha de ouro, à frente do compatriota Tim de Vries, segundo classificado, e do francês Loic Vergnaud, terceiro.

A corrida de H5 coincidiu com a de H4, na qual Flávio Pacheco terminou na 16.ª posição. O paraciclista luso completou a prova em 1h50m42s, mais 16m52s que o melhor tempo. Esse registo pertenceu ao belga Jonas van de Steene, que superou o francês Mathieu Bosredon e o austríaco Thomas Fruhwirth, segundo e terceiro classificados, respetivamente.

 

“O balanço não é tão positivo como se pretendia porque o Luís foi vítima de uma queda quando ia bem classificado e perdeu uma oportunidade para amealhar mais pontos para Portugal. O Flávio esteve bem e fez uma prova dentro das nossas expetativas”, explicou José Marques, selecionador nacional de paraciclismo.

 

Os paraciclistas nacionais terminam a participação no Campeonato do Mundo, que está a decorrer na Escócia, este sábado. Bernardo Vieira (11h19) e Telmo Pinão (11h17) vão participar nas provas de fundo das classes C1 e C2, respetivamente.

 

Periodicidade Diária

domingo, 16 de junho de 2024 – 21:31:07

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...