18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Quartos-de-final da Liga dos Campeões

Os quartos-de-final da Liga dos Campeões – masculinos ficaram ontem definidos, com o apuramento dos alemães do Berlin Recycling Volleys, que assim se juntam aos polacos do Jastrzebski Wegiel, aos espanhóis do CV Guaguas (campeões ibéricos), aos turcos do  Ziraat Bank Ankara e do Halkbank Ankara, e aos italianos do Gas Sales Daiko Piacenza, Cucine Lube Civitanova e do Trentino Itas.
 
Destas oito equipas que atingiram esta fase eliminatória da Champions, três (Gas Sales Daiko Piacenza, Berlin Recycling Volleys e Halkbank Ankara) integraram a Pool C da 4.ª Ronda da Liga dos Campeões juntamente com o clube português Sport Lisboa e Benfica.
 
Nas últimas quatro edições da Liga dos Campeões, disputadas em cinco anos – a de 2020 foi afectada pela Covid-19 –, o Berlin Recycling Volleys posicionou-se sempre no 5.º lugar na classificação final, enquanto o Halkbank Ankara foi semi-finalista da Champions em 2023 e vice-campeão em 2014.
Na última edição, que foi vencida pelos polacos do Grupa Azoty Kedzierzyn-Kozle, o Halkbank Ankara foi 3.º classificado, o Berlin Recycling Volleys 5.º e o SL Benfica 12.º classificado. Em 2023, o Piacenza foi 3.º classificado na Taça CEV.
Este ano, o SL Benfica participou pela quarta vez na Liga dos Campeões, com a melhor classificação a ser registada em 2022, o 9.º/12.º lugar na classificação final, após terminar em terceiro no seu grupo.
Os melhores registos dos encarnados da Luz nas competições internacionais datam de 2015 e 2016, respectivamente com a conquista da medalha de prata e da medalha de bronze, ambas na Challenge Cup.
 
Para atingir os quartos-de-final, o Halkbank Ankara afastou o Grupa Azoty Kedzierzyn-Kozle, tricampeão europeu, na fase dos Play-offs.
 
O vencedor da Liga dos Campeões (masculinos ou femininos) receberá 500 mil euros de prémio, o 2.º classificado 250 mil euros e o 3.º classificado 125 mil euros.
 
Quartos-de-final – 1.ª mão
(Horas locais*)
 
20.02.2024*
16h00 – Club Voleibol Guaguas (Espanha) x Ziraat Bank Ankara (Turquia)
21.02.2024*
18h00 – Halkbank Aankara (Turquia) x Cucine Lube Civitanova (Itália)
19h30 – Berlin Recycling Volleys (Alemanha) x Trentino Itas (Itália)
20h30 – Gas Sales Daiko Piacenza (Itália) x Jastrzebski Wegiel (Polónia)
Voleibol de Parabéns
 
O Voleibol faz hoje 129 anos!
 
Criado pelo norte-americano William George Morgan em 9 de Fevereiro de 1895, o Voleibol foi introduzido em Portugal pelas tropas norte-americanas que estiveram estacionadas nas ilhas dos Açores durante a I Grande Guerra Mundial. [Ver História do Voleibol]
 
A Federação Portuguesa de Voleibol, actualmente com sede no Porto, nasceu no dia 7 de Abril de 1947 em Lisboa e, nesse mesmo ano, foi uma das fundadoras da Federação Internacional de Voleibol (FIVB).
 
O primeiro Congresso Mundial da FIVB realizou-se em Paris no dia 18 de Abril de 1947 e nele participaram 14 países: Bélgica, Brasil, Checoslováquia, França, Holanda, Israel, Itália, Líbano, Polónia, Portugal, Roménia, Turquia, Uruguai e Estados Unidos da América.
O francês Paul Libaud foi eleito o primeiro Presidente. O brasileiro Ary Graça é o actual Presidente da FIVB.
O facto de a modalidade ter crescido exponencialmente ao longo dos anos ficou bem patente no 29.º Congresso Mundial organizado em Portugal e que acolheu Timor-Leste na grande família do Voleibol. Volvidos 57 anos da realização do primeiro congresso, estiveram presentes no Porto representantes das então 218 federações filiadas na FIVB.
Jorge Sampaio abriu o 29.º Congresso Mundial de Voleibol, realizado no Porto, em 2004
 
E Portugal vai voltar a receber, de 15 a 17 de Novembro do ano corrente, o (39.º) Congresso Mundial da FIVB.
 
Naquela que é a mais importante reunião da elite do dirigismo mundial de Voleibol são esperados mais de duas centenas de participantes, oriundos dos quatro cantos do mundo e em representação das 222 federações filiadas na FIVB, que escolherão o sucessor do brasileiro Ary Graça na Presidência do organismo que rege o Voleibol a nível mundial.
A nível organizativo e não só, voltará a ser um momento alto para o nosso País, depois do sucesso do 29.º Congresso, realizado em 2004 no Porto, ter sido considerado “um dos mais importantes de sempre” pelos responsáveis da FIVB e ter contado com a presença do então Presidente da República, Jorge Sampaio, e do, na altura, Presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), Comandante Vicente de Moura, bem como outras altas individualidades.
 
O 29.º Congresso Mundial fez convergir para o Porto as atenções de dirigentes e Imprensa de todo o mundo, tendo ficado marcado pela filiação de Timor-Leste como a 218.ª federação nacional na FIVB e pelo facto de o português se ter tornado língua oficial da FIVB.
 
Em 2024, ano em que se comemora o 129.º aniversário do Voleibol, a FIVB, com sede na Suíça desde 1984, tem filiadas 5 Confederações Continentais – África, Ásia, Europa, NORCECA (América do Norte e Centro e Caraíbas) e América do Sul – que, no total, compreendem 222 federações nacionais.
 

Periodicidade Diária

domingo, 16 de junho de 2024 – 22:45:33

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...