14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Sara Moreira marca presença na Corrida de S. João no próximo domingo

 

Foi apresentada hoje em Conferência de Imprensa a 18ª edição da Corrida de São João do Porto Santander Totta, no Alameda Shopping, com a presença de diversas personalidades e atletas.

 

Foram reveladas várias informações sobre o evento e divulgadas algumas novidades em termos de atletas de elite.

 

O diretor da prova, Jorge Teixeira, revelou que Sara Moreira, atleta do Sporting C. P. e recentemente medalhada de ouro nos 10.000 metros na Taça da Europa, irá voltar a correr nas ruas do Porto, estando assim presente na linha de partida no próximo domingo.

 

Igualmente foram dadas informações sobre o novo local de partida e chegada da prova. Devido ao forte calor que se espera sentir no próximo domingo, Jorge Teixeira informou ainda que a água dos abastecimentos será guardada em arcas frigoríficas durante a noite anterior.

 

Depois de entregar aos principais patrocinadores do evento, Santander Totta e Politécnico do Porto, as respetivas medalhas da prova, Jorge Teixeira agradeceu o facto de a Corrida de São João do Porto se integrar na programação oficial das Festas Populares da Cidade.

 

O representante do Santander Totta, Luís Costa,  referiu a importância de apoiar eventos no norte do país e da relação sustentada que tem sido criada com a Runporto.

 

O apoio a eventos como este, da área do running, são importantes para o Santander Totta que, segundo Luís Costa, representam uma postura de proximidade com as pessoas e com o seu desenvolvimento, revelando um país em movimento, com vontade e vitalidade, valores aos quais o Santander Totta gosta de se associar.

 

O Politécnico do Porto, sponsor oficial da Mini Corrida de 8 km, referiu que a formação superior ultrapassa a sala de aula, sendo que estes eventos também têm um significado dessa mesma formação. Para o Politécnico do Porto esta é uma forma de também intervir ativamente nas festas da cidade.

 

Para António Marques, a associação entre o Politécnico do Porto e a Runporto é muito importante, reconhecendo neste parceiro a capacidade de dar à cidade um conjunto de eventos de enorme qualidade.

 

Aurora Cunha, madrinha dos eventos Runporto, referiu ser um orgulho estar novamente aliada a este evento, que significa uma antecipação da festa de São João e que, por isso, apelou a que todos possam participar no evento.

 

A Corrida de São João do Porto tem partida/chegada e grande parte do seu percurso nas ruas da União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos. O seu representante João Moreira da Silva prometeu muita animação na manda de domingo e referiu a importância da realização deste evento naquelas freguesias.

 

Nuno Lemos, Administrador da Porto Lazer e representante da Câmara Municipal do Porto, referiu a parceria exemplar que existe há muitos anos entre a edilidade e a Runporto e que acolher a 18ª edição da Corrida de São João é uma honra.

Mais uma vez, este evento significa a capacidade da cidade do Porto receber milhares de atletas populares, apontando assim para importância da prática desportiva num dia de festa emblemática.

 

Esta conferência de imprensa foi também um momento de encontro e de convívio entre várias personalidades associadas ao evento. Gonçalo Pontes, da Soc. Com. C. Santos, Tiago Monteiro, do Alameda Shopping, Ernesto Santos, Presidente da Junta de Freguesia de Campanhã, Cláudia Jacques e Goreti Soares e o internacional do hóqueis português, Cristiano Pereira.

 

De entre os atletas de elite anunciados, sem dúvida que Sara Moreira será o grande cartaz da corrida. Uma das melhores fundistas portuguesas de sempre, com uma capacidade que vai da pista coberta, elemento na qual já se sagrou campeã da Europa, até ao crosse, passando pela pista ao ar livre e estrada – aqui é de relembrar o pódio na Maratona de Nova Iorque -, Sara vem de uma vitória na Taça da Europa de 10.000 m, no fim-de-semana passado disputada na Bielorrússia, e tentará bisar o seu triunfo na São João, o que no sector feminino só foi conseguido, entre portuguesas, por Helena Sampaio.

 

A fundista do Sporting C. P. terá boa luta, porém, e isso é certo. Principalmente da parte de Catarina Ribeiro, que volta ao Porto depois de ter conseguido na Invicta, em Novembro passado, mínimos para os Mundiais de atletismo na maratona e depois de ter ganho a Sara Moreira, precisamente, há duas semanas, na Meia Maratona do Douro Vinhateiro. Outra atleta com mínimos para a maratona dos Mundiais, Doroteia Peixoto, fecha o trio de elite que poderá dominar o pódio, sendo a outra maior candidata a lá tentar entrar, Inês Monteiro.

 

No lado masculino o excelente maratonista olímpico brasileiro Paulo de Paula – oitavo em Londres 2012, 15º no Rio 2016 - vai procurar manter o lugar mais alto do pódio em mãos sul- americanas, depois do seu compatriota Ederson Pereira ter triunfado o ano passado. Para isso terá que bater forte concorrência portuguesa, encabeçada por Rui Pedro Silva, que procura regressar à melhor condição após um prolongado período marcado pelas lesões e que terá ainda um olho posto na possibilidade de chegar a um inédito quarto triunfo na competição.

 

Daniel Pinheiro, que vem de uma sucessão de triunfos em provas da Runporto, lá estará também, tal como José Moreira, Nuno Lopes, Hélder Santos, Vítor Oliveira e Miguel Ribeiro, entre outros, o que permite fazer crer que apesar da presença de Paulo de Paula o triunfo final masculino poderá bem voltar a ser português.  

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 25 de maio de 2020 – 13:58:56

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...