18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Elite Krav Maga - A entrevista aos seus Mestres

(Da esquerda para a direita: Mestre Mário Paiva e Mestre António Sousa)

 

O Elite Krav Maga, nasce do desejo de dois Mestres, que mesmo separados geograficamente, contudo partilham a mesma linhagem de pensamento e de técnica. Conheceram-se há já alguns anos, aquando da sua graduação no Krav Maga e a amizade manteve-os ligados. Têm reuniões regulares, para em conjunto definir as técnicas (rápidas, eficazes e devastadoras), para depois disseminarem nas suas aulas. O Krav Maga é um sistema de Defesa Pessoal para ser utilizado independentemente da idade, género ou mesmo a sua força.

 

O objetivo é que as técnicas sejam executadas com rapidez e eficácia usando como alvo os pontos vitais do agressor, seja os olhos, nariz, garganta, joelhos, órgãos genitais, entre outros.

 

Estes Mestres preparam os seus alunos para reagir em sua defesa de vários tipos de ataques e em vários enquadramentos. Os ataques podem vir das mãos, pernas, armas brancas ou de fogo, bastão, tacos entre outros.

 

O que se pretende é a preparação destes alunos para que no momento em que sejam vítimas de um ataque na rua, onde como eles dizem: “Não há regras”, possam reagir mantendo a sua integridade física e a dos que os rodeiam. O “segredo” é que o atacante não perceba que o seu alvo tem competências nesta arte de Defesa Pessoal e vai ser apanhado de surpresa no último momento sendo-lhe aplicada a técnica no local certo para o neutralizar, causando-lhe dor, permitindo a fuga para local seguro.

 

O Mestre Mário Paiva com 49 anos, iniciou-se nas Artes Marciais logo em pequeno, com oito anos de idade praticando Karaté. Mais tarde pratica Yoseikan  Budo, Kickboxing, MMA e finalmente entra no mundo do Krav Maga, arte que leciona há cerca de nove anos e tem a sua graduação de 2º Dan.

 

Já o Mestre António Sousa com 36 anos, natural de Amarante, deu início à prática de Artes Marciais também muito novo com apenas seis anos no Karaté. Mais tarde praticou Kickboxing e em 2010 numa missão no Líbano tem o primeiro contacto com o Krav Maga. Nessa altura começa aí mesmo os seus treinos e chegando a Portugal desenvolve os seus conhecimentos na Arte. Faz a sua formação de Instrutor de Krav Maga em 2017 começando a dar as suas aulas desde nessa altura. Neste momento tem a graduação de 3º Dan.

 

AMMA: Ambos começam as Artes Marciais com o Karaté muito novos. Foi decisivo para que, embora por vias diferentes, chegar ao Krav Maga tal como estão hoje?
António Sousa: Sim, o Karaté foi importante, porque foi a primeira arte marcial que frequentei. Onde retirei bases que são uteis até hoje.
Mário Paiva: O Karaté foi um começo importante pare me redirecionar para o Krav Maga. Apesar de serem modalidades com bastantes diferenças, conseguiu induzir-me no mundo das artes marciais e a partir daí começou a surgir interesse na área.

AMMA: Quando se conheceram na vossa graduação imaginavam que iriam fundar uma Escola com o vosso estilo e técnica apurada por ambos?
AS: Não, de inico não pensamos nisso. Depois de estarmos várias vezes juntos e percebermos que tínhamos ideias semelhantes e queríamos seguir o mesmo caminho no Krav Maga, surgiu a ideia. Decidimos avançar com o projeto a dois.

 

AMMA: O início do Elite Krav Maga data de 2020, altura em que estamos em pandemia. Foi um entrave no vosso projecto ou durante este tempo deu para amadurecer mais as vossas ideias e afinar o programa técnico?
AS: Não foi um entrave, porque devido á pandemia tínhamos mais tempo livre (os nossos trabalhos estavam parados), conseguimos reunir muitas mais vezes para testar e concluir o nosso programa técnico. O restante foi sempre tratado á distancia.

 

AMMA: Vemos que a distância não é um obstáculo para vocês. Para além dos vossos encontros técnicos com regularidade, os vossos alunos também costumam ter muitas oportunidades de ter intercâmbio com treinos em conjunto?
MP: Sim. Os nossos alunos tem várias vezes a oportunidade de participar em seminários nacionais, como por exemplo, o seminário de defesa pessoal e policial e internacional lecionado por Cristo Gamero. Também costumamos organizar eventos inter-escolas, duas e três vezes por ano para realizar os exames de graduação.

AMMA: O Krav Maga é um sistema de Defesa Pessoal. Em difere de uma Arte Marcial?
MP: O Krav Maga um sistema de combate corpo a corpo, desenvolvido em Israel, que envolve técnicas de luta, defesa contra armas como armas de fogo, bastões, facas e golpes como socos, pontapés, cotoveladas e joelhadas. A principal diferença do Krav Maga baseia-se nos princípios que são ensinamos e aplicados repetidamente, tendo sempre uma base na defesa.

 

AMMA: Os vossos alunos são preparados para reagir a ataques de rua, algo sempre muito imprevisível, pois não se conhece o oponente, as suas competências, força, armas que poderá ter escondidas e prontas a usar. Como é que eles numa fracção de segundos metem em prática técnicas afim de neutralizar o atacante?
AS: Isso é o que nós tentamos passar aos nosso alunos. Cenários hostis sempre diferentes, com um ou mais atacantes, com vários fatores surpresa á mistura. Tudo isto para dar o toque real de rua e obrigar os alunos a reagir rápido. Para quando uma situação real surgir mesmo sem pensar ele ira reagir rápido porque praticou aquilo (ou algo parecido) vezes sem conta.

 

AMMA: Nestas situações, após neutralizar o atacante é pôr-se em local seguro e chamar as autoridades?
AS: Sim. O que nós transmitimos é que depois de neutralizar o atacante devemos sair o mais rápido possível do local, chamando as autoridades competentes para tomar conta da ocorrência.

 

AMMA: Têm conhecimento de algum aluno vosso tenha tido uma situação real em que teve que aplicar os conhecimentos obtidos na Elite Krav Maga? Correu-lhe bem, para além de ter apanhado o susto da sua vida?
MP: Sim. Ocorreu uma situação em que, pelo menos um aluno que foi vitima de uma tentativa de homicídio, no qual conseguiu sair com sucesso dessa situação traumática usando uma técnica Elite Krav Maga.
AS: Sim, já tive alunos que conseguiram superar situações de perigo reais por se sentirem preparados para enfrentar o confronto físico se necessário. Outros com a autoconfiança e com o domínio das técnicas conseguiram acabar um confronto em questão de 2, 3 segundos.

 

AMMA: O Krav Maga tem origem Israelita, contudo está disseminado pelo mundo fora. Vocês estão organizados globalmente através de uma “casa mãe”, com delegações nos países onde se pratica, ou é mais liberalizado nesse aspecto?
MP: O sistema Elite Krav Maga foi criado com base numa vasta experiência de ambos os fundadores com cursos intensivos com mestres de todo o mundo incluído um conhecido Grão Mestre Israelita.

AMMA: O que o fundador deste sistema de Defesa Pessoal, Imi Lichtenfeld, nos anos 40 do séc. XX tinha em mente para preparar civis para este tipo de luta? Qual era a sua “espiritualidade” técnica que ele tinha a fim de criar o Krav Maga? Havia muito essa necessidade em Israel?
MP: O seu criador Imi lichtenfeld percebeu que era preciso criar algo para rua, algo que fizesse a diferença nas diversas ameaças ao qual estamos expostos, tais como violência, assaltos com armas, violência sexual, etc.
AS: O Krav Maga foi criado para dar só ao exército israelita, por ser rápido, eficaz e letal, não era autorizado a ser ensinado aos civis. Segundo conta a historia quando Israel ia sofrer uma invasão de um exército inimigo eles passaram a ensinar o Krav Maga á população em geral para protegerem o seu país junto com o exército. Foi ensinado a homens, mulheres e crianças.  O Krav Maga é um sistema de defesa pessoal, não é uma arte marcial porque no Krav Maga não existem regras. No fundo, o Krav Maga é um mix do que existe de melhor em cada arte marcial com adaptações para a realidade das diversas situações de perigo, que enfrentamos no nosso dia. Atualmente o Krav Maga é ensinado às forças de Segurança Nacional e Internacional.

 

AMMA: Que mensagem chave retiveram dos vossos Mestres e que fazem questão de passar aos vossos alunos? Qual era a postura que eles tinham convosco nas aulas? Algum episódio que tenha acontecido que tenha sido divertido mas também gratificante na vossa caminhada?
MP: Tive alguns que me marcaram ao longo do meu trajeto nas artes marciais e defesa pessoal, passaram me valores éticos, respeito para com o próximo, disciplina algo que para mim foi muito complicado porque eu era muito rebelde, todos eles foram  muito importantes ajudaram me a formar o meu carater e o homem que sou hoje sou muito grato agradeço de coração.
AS: Nunca me esquece do que o meu mestre dizia muitas vezes: “Não quero aqui arruaceiros” “Quero pessoas humildes rápidas e eficazes”.

 

AMMA: É usual a Elite Krav Maga organizar e participar em estágios e encontros Interestilos da modalidade? Existe muito esse conceito no Krav Maga?
AS: Sim, cada vez existe mais estilos de defesa pessoal parecidos com o Krav Maga.

 

AMMA: Quando participam em encontros com outras Artes Marciais, em que há partilha de práticas e conhecimentos, que tipo de reações costumam ter, quando ensinam o básico para neutralizar um atacante na rua? O que as pessoas costumam dizer quando experimentam o Krav Maga?
AS: O feedback costuma ser muito positivo em todo o lado que passamos. Os presentes geralmente ficam admirados com a facilidade com que neutralizamos um atacante em segundos.

AMMA: Ao longo destes anos que lecionam Krav Maga, é gratificante ver a caminhada que os vossos alunos, pelo menos os mais antigos, têm feito na arte, e as suas aspirações em ser Mestres e dar continuidade ao vosso trabalho? Vocês já têm nas suas aulas potenciais candidatos a instrutores na Elite Krav Maga?

AS: Diria que é o mais gratificante nas minhas aulas. Ver a evolução de cada um, muitos chegam às minhas mão sem nunca ter praticado qualquer arte marcial ou qualquer tipo de desporto sequer, e passado uns meses já se vê tanto trabalho técnico que me enche de orgulho.
MP: Sim. Já é extremamente gratificante ver um aluno que evolui durante anos com tanta persistência, trabalho árduo tantas horas de treino intenso, é um orgulho enorme.

 

AMMA: Ainda de volta aos alunos e situações de rua. O Krav Maga prepara as pessoas para reagir eficazmente em pouco tempo a um ataque. O tipo de aluno típico que recebem na vossa escola, em ambas as delegações tem um padrão? Ou seja, é mais procurado por pessoas mais vulneráveis e fracas em termos de força física, ou é um misto com praticantes mais robustos fisicamente ou que já vêm de outras Artes Marciais e decidiram que esta era a sua via?
AS:É procurado por todo o tipo de géneros e idades, uns  por serem mais vulneráveis, outros para serem mais completos, mas abrange todo o tipo de pessoas.
MP: Sim. Temos verificado um misto de ambas, desde uma simples dona de casa a um universitário a um faixa preta de uma arte marcial, porque o Krav Maga tem ferramentas para resolver todo o tipo de cenários dos mais simples aos mais complexos.

 

AMMA: Dos vossos alunos, entre homens, crianças e mulheres, como é diversificada? Quem é mais frequente nas vossas classes? Têm aulas conforme graduações e idades, ou preferem que seja uma aula conjunta?
MP: Eu, pessoalmente, tenho preferência pelas aulas em conjunto. visto que na rua não escolhemos os agressores ele é que nos escolhem, por isso crio uma aula onde consiga adaptar técnicas paras todas as faixas etárias e géneros, de maneira a proporcionar uma ampla variedade de agressões.
AS: Eu para já só optei por dar aulas aos adultos. (O programa técnico das crianças é diferente). Treinam todos juntos e sempre a rodarem para perceberam que o mais fraco consegue “derrubar” o mais forte com a mesma facilidade, é uma questão de técnica.

 

AMMA: Em termos de expansão da Elite Krav Maga, têm planos para isso, ou neste momento ainda não estão preocupados com isso?
AS: Sim temos muitos planos para expandir e criar varias escolas pelo pais.
MP: Sim, felizmente as coisa estão a correr bastante bem temos sido convidados para dar varias formações em vários seminários nacionais e internacionais.

 

AMMA: Queria pedir a ambos que deixassem uma palavra de sensibilização sobre a importância de aprender Defesa Pessoal, de modo particular o Krav Maga que a Elite Krav Maga ensina, a quem desconhece que com estes ensinamentos, numa situação real possa fazer toda a diferença.
MP: Elite Krav Maga é um sistema de defesa pessoal criado para todos desde o mais frágil ao mais robusto fisicamente, e poderá salvar a sua vida numa situação de real perigo, e está provado que o Krav Maga é o sistema mais eficaz do mundo, onde as melhores forças especiais recebem formação continua de Krav Maga.

AS: Aprende Elite Krav Maga e torna-te Humilde, Gentil e Altamente Devastador.

 

O Elite Krav Maga pode ser praticado por estes Mestres nos seguintes locais:

Academia Elite Krav Maga - C.R.D.F. Fânzeres, Gondomar.
Mestre: Mário Paiva
Contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Academia Elite Krav Maga - Gymnolixa Ginásio, Felgueiras
Mestre: António Sousa
Contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Texto: Pedro MF Mestre
Fotos: Cedidas pelos Mestres António Sousa e Mário Paiva

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 14 de junho de 2024 – 15:28:52

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...