18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Corrida Solidária “EDP Lisboa, a Mulher e a Vida”

Mais do que uma prova de atletismo que reúne milhares de corredores anónimos, figuras públicas e também atletas de elite, esta iniciativa tem como principal objetivo sensibilizar a população para a importância do rastreio do cancro da mama. No ato da inscrição, os participantes podem optar por inscrever-se individualmente ou em grupo. Há incentivos à participação em equipa, com prémios exclusivos. Os desafios são Vodafone Mãe e Filha (2px)Jogos Santa Casa Empresas (2px)Mimosa Família (2px)Seaside Mulheres Unidas (2px) 3 Amigas CME (3px). A organização espera cerca de 14.000 participantes este ano, de todos os géneros, uma vez que a prova deixou de ser exclusiva para Mulheres!

 

No conjunto das 16 edições já realizadas, esta corrida de 5 quilómetros já angariou perto de um milhão de euros para Liga Portuguesa Contra o Cancro, Núcleo Regional Sul. É um valor significativo que queremos continuar a fazer crescer todos os anos.

 

Este ano, tal como em 2022, a prova voltará a contar com a presença de atletas de elite masculinos e femininos, com uma qualidade que promete emoções fortes. Nos homens destaca-se o nome de Rui Pinto, que recentemente registou um novo recorde pessoal na maratona (em Roterdão), mas também os veteranos Hélio Gomes e Hermano Ferreira, que prometem dar muita luta aos mais novos. Neste particular, Helder Santos e Miguel Borges são nomes a ter em conta.

 

Quanto ao setor feminino, estarão igualmente grandes nomes do atletismo nacional, como por exemplo a veterana Dulce Félix, vinda de um 2.º lugar na Maratona da Europa, ou ainda Solange Jesus, recentemente 9.ª na Maratona de Paris, com um novo recorde pessoal. Além deste duo, nota ainda para Susana Godinho, Doroteia Peixoto, Monica Silva ou Diana Sousa.

 

Presentes à partida estarão também três caras emblemáticas da história do nosso atletismo. Com o dorsal 1, a lendária Rosa Mota irá abrilhantar a edição deste ano da Corrida Solidária EDP Lisboa, a Mulher e a Vida, tal como Armando Aldegalega, que aos 85 anos não faltará à chamada e voltará a dar o seu exemplo de enorme vitalidade no mundo da corrida, uma vez mais ao lado de Luzia Dias.

 

Antes do tiro de partida, os participantes vão assistir à atuação do cantor David Carreira, que este ano se junta a esta causa maior. A corrida terá, como sempre, transmissão em direto, a partir das 10:30h, na RTP1, RTP Internacional e RTP África, chegando assim a 200 milhões de telespectadores.

 

Periodicidade Diária

domingo, 21 de julho de 2024 – 05:12:27

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...