18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Voleibol de Praia - Convocados para a Taça das Nações

João Pedrosa/Hugo Campos e Beatriz Pinheiro/Inês Castro são os bicampeões nacionais de Voleibol de Praia em título; Gonçalo e Tomás Sousa os vice-campeões.
 
Beatriz Pinheiro/Inês Castro e Margarida Santos/Carolina Maia, em femininos, e João Pedrosa/Hugo Campos e Gonçalo Sousa/Tomás Sousa, em masculinos, são as duplas portuguesas que irão competir na fase preliminar da CEV Beach Volley Nations Cup 2024 (Taça das Nações de Voleibol de Praia), uma competição que apura para os Jogos Olímpicos de Paris 2024.
Em masculinos, os representantes do nosso País vão integrar a Pool D – a disputar de 17 a 19 de Maio na localidade turca de Balikesir – juntamente com a Turquia, a Polónia, a Roménia, a Eslováquia e a Escócia.
Em femininos, Portugal terá, na Pool D, a disputar em Bibinje (Croácia) de 10 a 12 de Maio, a concorrência da Croácia, Ucrânia, Escócia, Hungria e Bélgica.
 
Esta edição da CEV Beach Volley Nations Cup ganha ainda mais importância pois representa um dos caminhos pelos quais um país poderá garantir uma (muito cobiçada) presença nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.
 
Jurmala, na Letónia, irá receber a fase final da Taça das Nações, após ter acolhido as edições de 2017 e 2020 do Campeonato da Europa de Voleibol de Praia.
De referir que foi precisamente na mais famosa estância balnear letã que, em 1996, a dupla portuguesa formada por Jorge Alves e João Silva, foi vice-campeã europeia de Sub-20.
 
Em 2023, as selecções portuguesas de Voleibol de Praia disputaram as Pools de qualificação, mas não conseguiram o apuramento para a fase final.
Em masculinos, João Pedrosa/Hugo Campos e Guilherme Maia/Filipe Leite classificaram-se no 3.º lugar da Pool G da Taça das Nações, disputada na cidade de Budapeste, capital da Hungria.
Nas meias-finais, João Pedrosa e Hugo Campos, campeões nacionais em título, não conseguiram superar (0-2: 20-22 e 17-21) Attila Stréli/Artúr Hajós, o mesmo acontecendo (1-2: 21-16, 11-21 e 11-15) com Guilherme Maia e Filipe Leite, vice-campeões nacionais, relativamente a Csanád Petik/Domonkos Dóczi.
Em femininos, Beatriz Pinheiro/Inês Castro e Ana Monteiro/Margarida Santos, respectivamente campeãs e vice-campeãs nacionais em título, disputaram na cidade grega de Heraklion a Pool E de apuramento para a fase final da Taça das Nações.
As duplas lusitanas foram afastadas da final pelas experientes espanholas Liliana Steiner/Paula Gutiérrez e Maria Carro/Angela Lobato, respectivamente: Beatriz Pinheiro/Inês Castro (2-1: 22-20, 16-21 e 15-12) e Ana Monteiro/Margarida Santos (2-0: 21-14 e 21-12).
 
A dupla de Voleibol de Praia portuguesa João Pedrosa/Hugo Campos vai disputar o Beach Pro Tour Challenge de Guadalajara, a disputar no México entre 11 e 14 de Abril, etapa do Circuito Mundial organizado pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB).
 
Na última prova que disputaram, o Beach Pro Tour Challenge de Saquarema, em finais de Março, os bicampeões nacionais classificaram-se no 25.º lugar, tendo somado 220 pontos FIVB.
 
Inseridos na Fase de Qualificação, Pedrosa e Campos estão a tentar entrar com força na nova época do Circuito Mundial de Voleibol de Praia (FIVB Beach Pro Tour), depois do importante 21.º lugar alcançado este ano no BPT Elite16 de Doha, e assim continuar a percorrer o caminho do apuramento para a 33.ª edição dos Jogos Olímpicos, agendada para os dias 26 de Julho a 11 de Agosto de 2024 em Paris, capital da França.
 
A competição Elite16 representa o nível mais alto das etapas do Beach Pro Tour (Circuito Mundial de Voleibol de Praia), sendo disputada pelas 16 melhores duplas por género do mundo, numa luta acesa para manter a sua posição dentro deste grupo de elite mundial.
Entre 22 e 26 de Maio de 2024, o Beach Pro Tour Elite16 de Espinho vai trazer ao nosso País as melhores duplas mundiais de femininos e de masculinos de Voleibol de Praia, sendo em termos  cronológicos a quarta etapa mais importante do Calendário do Circuito Mundial de Voleibol de Praia 2024.
 
Na última etapa que disputou em 2023, Pedrosa/Campos, dupla bicampeã nacional, classificou-se no 5.º lugar no Beach Pro Tour Challenge de Nuvali, nas Filipinas, ao perder, nos quartos-de-final, por 1-2 (15-21, 21-17 e 10-15), com os experientes austríacos Robin Seidl e Moritz Pristauz.
Uma excelente classificação, que lhes deu mais 600 pontos para o ranking internacional e um prémio pecuniário de 3.750 dólares, naquela que foi a quarta etapa do Circuito Mundial em que os portugueses, que são orientados pelo Seleccionador Nacional de masculinos, Leonel Gomes, estiveram em acção depois da histórica participação no Campeonato do Mundo de Voleibol de Praia (FIVB Beach Volleyball World Championships), em Tlaxcala, no México.
 
O caminho da dupla lusa, que almeja uma presença nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, tem sido recheado de bons resultados no ano em curso: a medalha de bronze alcançada nos Jogos do Mediterrâneo pelos bicampeões nacionais juntou-se à medalha de ouro conquistada no Beach Pro Tour Challenge de Edmonton (Canadá), etapa do Circuito Mundial de 2023, naquela que foi a primeira vez que a dupla portuguesa subiu ao lugar mais alto do pódio numa etapa Challenge do Beach Pro Tour.
Um marco no percurso dos bicampeões nacionais em título e campeões universitários na caminhada que encetaram há poucos anos ao optarem pela prática do Voleibol de Praia ao longo de todo o ano, no que são apoiados pela Federação Portuguesa de Voleibol.
 
Os JO de 2024 realizam-se de 26 de Julho a 11 de Agosto na icónica capital francesa e Portugal vai voltar a estar representado ao mais alto nível em mais uma edição olímpica.
Vicente Araújo, Presidente da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV) e Presidente da Comissão de Voleibol de Praia da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), José Casanova, Secretário da Comissão das Regras de Jogo e Arbitragem da FIVB, e Rui Carvalho, árbitro internacional, são os portugueses que desempenharão funções de destaque no tão aguardado Paris 2024.
Tal como nas edições de Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020, Vicente Araújo será o responsável pelo Torneio de Voleibol de Praia ao exercer as funções de Delegado Técnico para o Voleibol de Praia designado pela Federação Internacional de Voleibol. Uma situação tradicional no currículo do dirigente, Membro do Comité de Controlo FIVB nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996, Sydney 2000, Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012, entre várias outras competições.
José Casanova, que será o responsável máximo pela arbitragem nos Jogos de Paris na qualidade de Membro do Comité de Controlo da competição de Voleibol de Praia, esteve presente em nove competições olímpicas: sete edições dos Jogos Olímpicos de Verão e mais duas edições dos Jogos Olímpicos da Juventude.
Rui Carvalho vai integrar o quadro de árbitros de Voleibol de Praia dos Jogos Olímpicos 2024, depois de já ter dirigido uma final do torneio olímpico, em Londres 2012 – a primeira edição olímpica em que participou –, e ter estado igualmente presente no jogo de atribuição do 3.º e 4.º lugar dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, e em 2023 na final de masculinos do Beach Pro Tour, em Doha, no Catar. 
O Beach Pro Tour de Nuvali foi a 23.ª prova do Volleyball World Beach Pro Tour da FIVB em que participaram João Pedrosa e Hugo Campos, depois de terem disputado em 2023 o Beach Pro Tour Challenge de Chiang Mai,  o Beach Pro Tour Challenge de Haikou, o Beach Pro Tour Challenge de Goa, o Beach Pro Tour Elite 16 Paris, o Beach Pro Tour Challenge de Edmonton, o Beach Pro Tour Challenge de Espinho, o Beach Pro Tour Challenge de Jurmala, o Beach Pro Tour Elite 16 de Uberlândia, o Beach Pro Tour Challenge de Saquarema, o Beach Pro Tour Challenge de Itapema e o Beach Pro Tour Challenge de La Paz e em 2022 o Beach Pro Tour Challenge de Torquay, o Beach Pro Tour Challenge do Dubai – 2nd, o Beach Pro Tour Challenge do Dubai – 1st, o Beach Pro Tour Future de Cortegaça, o Beach Pro Tour Challenge de Agadir, o Beach Pro Tour Challenge de Espinho,  o Beach Pro Tour Future de Giardini Naxos, o Beach Pro Tour Future de Madrid, em Espanha, o Beach Pro Tour Challenge de Doha, no Catar, o Beach Pro Tour Challenge de Tlaxcala, no México, e o Beach Pro Tour Challenge de Itapema, no Brasil.
 
Apesar da sua juventude, João Pedrosa e Hugo Campos, campeões mundiais universitários 2022, têm já um registo significativo nos últimos anos:
 
2024
Beach Pro Tour Challenge de Saquarema – 25.º lugar.
Beach Pro Tour Challenge de Recife – 25.º lugar.
Beach Pro Tour Elite16 Doha – 21.º lugar.
2023
Beach Pro Tour de Nuvali – 5.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Chiang Mai – 9.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Haikou – 19.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Goa – 9.º lugar 
FIVB Beach Volleyball World Championships – 33.º lugar
Beach Pro Tour Elite 16 Paris  – 21.º lugar
III Jogos do Mediterrâneo de Praia – 3.º lugar
Campeonato Nacional – Final em Portimão – 1.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Edmonton– 1.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Espinho – 9.º lugar
Beach Pro Tour Challenge Jurmala (Letónia) – 19.º lugar
Taça das Nações – Pool G (Hungria) – 3.º lugar
Beach Pro Tour Elite 16 de Uberlândia – 21.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Saquarema – 17.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Itapema – 19.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de La Paz – 19.º lugar
2022
Beach Pro Tour Challenge de Torquay – 4.º lugar
Beach Pro Tour Challenge do Dubai – 2nd – 9.º lugar
Beach Pro Tour Challenge do Dubai – 1st – 9.º lugar
Mundiais Universitários de Voleibol de Praia, em Maceió/Brasil – 1.º lugar
Beach Pro Tour Future de Cortegaça/Portugal – 2.º lugar
Campeonato Nacional – Lidl, em Cortegaça – 1.º lugar
Beach Pro Tour Challenge de Agadir/Marrocos – 33.º lugar 
Beach Pro Tour Espinho Challenge/Portugal – 19.º lugar
Beach Pro Tour Giardini Naxos Future/Itália – 9.º lugar
Beach Pro Tour Madrid Future/Espanha – 17.º lugar
Beach Pro Tour Doha Challenge/Catar – 25.º lugar
Beach Pro Tour Itapema Challenge/Brasil – 33.º lugar
Beach Pro Tour Tlaxcala Challenge/México – 33.º lugar
2021
World Tour 2* (Praga/Rep. Checa) – 21.º lugar
World Tour 1* (Cortegaça/Portugal) – 2.º lugar
World Tour 1* (Sófia 2/Bulgária) – 2.º lugar
World Tour 1* (Sófia 1/Bulgária) – 3.º lugar
Europeu Sub-22 (Baden/Áustria) – 9.º lugar
World Tour 4* (Ostrava/Rep. Checa) – 41.º lugar
2020
Europeu Sub-22 (Izmir/Turquia) – 17.º lugar
World Tour 1* (Montpellier/França) – 9.º lugar
2019
Jogos do Mediterrâneo – 5.º lugar
World Tour 1* (Knokke-Heist/Bélgica) – 21.º lugar
World Tour 4* (Espinho/Portugal) – 25.º lugar
Europeu Sub-20 (Gotemburgo/Suécia) – 17.º lugar
2018
Torneio WEVZA (Quarteira/Portugal) – 4.º lugar
Europeu Sub-20 (Anapa/Rússia) – 25.º lugar
Europeu Sub-18 (Kazan/Rússia) – 17.º lugar
2017
CEV Youth Continental Cup – 3.º lugar
 
Árbitros portugueses em acção
no Voleibol de Praia
 
José Casanova
Comité de Controlo dos Jogos Olímpicos 2024, em Paris (França), de 27 de Julho a 10 de Agosto.
 
Rui Carvalho
Beach Pro Tour Elite16 de Espinho, em 22 a 24 de Maio.
Beach Pro Tour Elite16 de Ostrava, na Chéquia, de 4 a 9 de Junho.
Jogos Olímpicos 2024, em Paris (França), de 27 de Julho a 10 de Agosto.
 
Sandra Deveza
Beach Pro Tour Elite16 de Espinho, de 22 a 26 de Maio.
Beach Pro Tour Elite16 Gstaad, na Suíça, de 3 a 7 de Julho.
 

Periodicidade Diária

domingo, 16 de junho de 2024 – 05:35:03

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...